Wednesday, January 10, 2007

A beleza em branco




Queria escrever o que sinto
e a saudade que já tenho
do amor que vivemos hoje mesmo
Mas as palavras não me saem
só um turbilhão de
sentimentos me estala
no peito
E o mar
mesmo aqui a meus pés
vem dizer-me que
também tu estás inquieto
Acalma, amor
o amanhã voa
e o outro dia
logo de manhã
vai chegar muito depressa
Porque o tempo, que é velho,
conhece-nos, e sabe
que estamos à espera
do Bom dia!

41 comments:

A COR DO MAR said...

Pureza vinda deste post Maria, as palavras, o branco ... ta muito lindo
Beijoca, daqui, da outra terra ;)
Enjoy the time ;);)

Leticia Gabian said...

Maravilha a penugem branca...nunca tinha visto antes! Adorei!

Falas dos teus sentimentos e sempre
fico a pensar nos meus.

Fico a espera do BOM DIA!


Beijo

Pedro Branco said...

E quando esperamos a Boa noite, a tal onde tudo acontece?

Cadinho RoCo said...

Assim é que dispomos o tempo ao nosso dispor.
http://cadinhoroco.blogspot.com/

Anonymous said...

Pureza na brancura das palavras e das imagens.
Parabéns pelo seu bonito poema.

Pepe.luigi2
http://sinestesia-crepuscular.blogspot.com

Maria said...

a cor do mar

Numa rapidinha enquanto a pequenina está entretida...
Ontem não me largou a mão!

Vou tirar o máximo partido disto, sim.

Beijoca com muito temporal...

poetaeusou said...

METAMORFOSE (46)
Turbilhão em palavras.
Escrever, conhecer, viver.
Saudade, sentimento, F. Pessoa.
O amor omnipresente.
A inquietação dos amanhãs.
O Mar, ai sempre o mar.
E tu, Maria.
Maria, Ilha.
Maria, Sol.
Maria, Mar.
Simplesmente, Maria.
poetaeusou(adaptador)(SEMPREAMIGO).

Maria said...

Leticia

Ainda bem que gostaste. Eu achei lindo, sobretudo a forma como o bicho "namorou" o pessoal que o estava a ver...

Há sentimentos que são idênticos, com o mar pelo meio...

Beijo

Maria said...

pedro branco

Quando esperamos a boa noite, ela vem sempre...

Maria said...

cadinho roco

E eu estou a dispor do meu tempo de uma forma muito bonita...

Maria said...

anónimo

obrigada pelas suas palavras

Maria said...

poetaeusou

Muito obrigada... simplesmente

Isabel said...

Lindo Maria simplesmente lindo.

Espero que não te importes vou envia-lo ao meu amor.

Lindo.

Estou encantada com a beleza simples e pura que emana deste teu poema.

Especial___________________________

Nem sei explicar porque me tocou tanto.

Até breve.

Isabel

Sininho said...

A natureza esmerou-se, mesmo, quando se dedicou aos pavões...
Belos instantâneos.

José Manuel Dias said...

A vida é feita de vivências...abraço

Maria said...

isabel

Leva-o, com todo o gosto.
Muito obrigada pelas tuas palavras.
Beijo

Maria said...

sininho

Tens toda a razão. E vistos ao vivo mesmo são uma beleza...

Maria said...

josé manuel dias

Obrigada pela visita

Vera said...

Estou encantada com as fotos!
Brancas, puras, lindas!
Dá vontade de não sair daqui!
O poema está maravilhoso!

Beijinhos

pitanga said...

Maria, há post novo. Espero que este melhor compreendido. Para ti que riste e entendeste, obrigada e um beijo.

Luís said...

Bonita, esta inquietude em branco...

Rocha de Sousa said...

Caríssima
Hoje andei por aqui e por ali e vim
parar ao seu belo jardim. Só que os animais dele eu não os vejo em
branco. Eles são O BRANCO. Deixei-ne deslizar pela neve de todo o seu espaço, contornei o livro do amor, e estivr a ver o que as pes-
soas lhe dizem. Será porventura da
natureza do poema e da espera de um
BOM DIA. Espera, esperança,Camus falava dela, da espera.O amor e a felicidade eram suas referências
fundamentais para o ser humano. Mas
sabia, perante a finitude, que não havia esperança. E, em todo o caso,
o amor que ele vive com Maria é feliz. Porque a sua batalha filosó-
fica era a de ser feliz sem esperança.
Gostei muito de estar consigo
Rocha de Sousa

alice said...

boa noite, maria.

e tu que respondias à pergunta do post anterior?

um beijinho.

Pirate said...

belo poema... as palavras fluem certas e a cadência certa como sempre. É sempre um prazer passar por este Cheiro da Ilha...

Carpe Diem

Maria P. said...

Fico sempre emocionada com o que escreves, descreves sentimentos do dia, da hora do momento da janela aberta hoje...a saudade do amor que hoje mesmo aconteceu...mas já é saudade...

Entendes perfeitamente as minhas Janelas, obrigada:)

Tozé Franco said...

Belo poema, bonitas fotos.
Um abraço.

Maria said...

vera

Muito obrigada pelas tuas palavras
Um beijo

Maria said...

pitanga

Já lá fui, e festejei o afastamento da taça...
Um beijo

Maria said...

luís

Eu também acho, e transmite muita paz o sítio onde os vi...

Maria said...

jose manuel rocha de sousa

Muito obrigada pelas palavras que aqui deixou.
Volte sempre que quiser.
Com mais tempo irei passar no seu blog.

Maria said...

olá alice

A pergunta do post anterior - o que é o amor - encontra-se respondida no meu post de 13 de Novembro de 2006...

Um beijo

Maria said...

pirate

Olá, que bom ver-te aqui outra vez.
Passa sempre que quiseres, já que não pões nada de novo no teu blog...

Maria said...

maria p.

Escrevo o que sinto, às vezes penso se devo publicar ou não, mas como assumi criar o blog... aqui vai disto...

As tuas janelas são lindas, como te entendo.
Muito obrigada

Maria said...

tozé franco

Muito obrigada.
Um abraço

Kalinka said...

Iniciou-se a contagem decrescente para o lançamento do livro:
«Que é o Amor?».
Colaborei com um texto da minha autoria , dedicado a todos que passaram na minha Vida e, que de alguma forma, deixaram momentos inesquecíveis: mas, principalmente a alguém muito especial que nasceu dia 7 de Fevereiro e que, por não pertencer ao Mundo dos vivos, guardo com muito Amor, na minha memória (minha Mãe).
É uma excelente oferta em qualquer altura, mas como se aproxima o Dia dos Namorados, será bom começarem a preparar as vossas encomendas quanto antes.

Beijos e abraços.

al cardoso said...

E de facto belissimo!!!

Bom fim de semana.

HatA/mãe said...

Quanta beleza no branco e tambem nestas palavras...

era irreal... o mundo ser só em lindo...

desejo que no teu mundo tudo seja mesmo lindo, como o que transmites.

Um abraço

ruipestana said...

Olá Maria

Lindas imagens!
Momentos muito bem captados!
O texto está lindíssimo, também me identifico com o mar.
Bom fim-de-semana

Um abraço

rui said...

Olá Maria

O comentário em cima é meu, estava com dificuldade em comentar, mas parece que agora já é possível.

Até a próxima visita

Maria said...

al cardoso

não quero

rui pestana

Muito obrigada pelas vossas palavras.
Bom fim de semana a todos.

sónia said...

...bom dia...é o que apetece dizer...