Friday, January 05, 2007

O amanha



Ainda estamos no hoje
e já o amanhã me dói
porque não vou falar contigo
porque não vou poder ouvir a tua voz
porque não terei o 'bom dia'
a que jé me habituaste
porque vai ser um dia longo
esperando o outro dia
em que te vou ver e poder abraçar,
podermos abraçar-nos
nas nossas memórias
de há tanto tempo e tão recentes
que até parecem de ontem.
Ainda estamos no hoje
e já o amanhã me angustia...

44 comments:

Pirate said...

o Mar sempre presente...contra todas as angústias e dores de alma...

Maria said...

Olá pirate

Há quanto tempo não te via!
E há quanto tempo não te leio....

O mar é bálsamo para todas as dores e angústias, sim, mas também é amor, porque é Vida!

Um beijo e bom ano para ti

Vera said...

Sempre belas as tuas fotos! Transportam-me para outro lugar, e bem melhor...
O teu poema está triste mas lindo! Há que manter a esperança de que o amanhã será melhor.
Beijinhos

Maria said...

vera

Depois do amanhã há sempre o depois do amanhã...

Aqui está um dia de sol lindo e vou dar uma voltinha...
Até já
Beijo

Cadinho RoCo said...

Hoje no amanhã ontem tempo confuso este da saudade que quer respirar a ilha, pisar no cheiro desta distância.
Dó busca na oitava extensão do seu acorde.
http://cadinhoroco.blogspot.com/

Leticia Gabian said...

Maria,
Oi, querida!
Perdoe se te deixei preocupada. Não tive a intenção de. Como não tenho o teu e-mail, pedi que o Poeta lhe explicasse que o meu cinzento é apenas um intervalo.
Volto em breve.
Um beijão pra ti.

poetaeusou said...

METAMORFOSE (21)
Foi no ontem.
Que eu vivi o Futuro.
E me deste.
As memórias do amanhã.
As angustias antecipadas.
De receios ancestrais.
Abraçando vácuos.
Beijando quimeras.
O bem estar do doer.
As dores do amar.
Divagando o tempo.
Devaneando o real.
Visionar a angustia.
Dos floridos amanhãs.
poetaeusou(adaptador)

Luis Duverge said...

Se fosse possível converter a saudade em tempo, acho que o ontem era amanhã ,o mar era terra, o desejo era sentir que enganar a razão é transformar 1+1 em 1.
Espero que concretizes o teu sonho rapidamente.

Desassossego said...

As palavras sinto como se fossem minhas... toda a vida estive acompanhada mas só... desejando sempre estar sozinha... agora que encontrei a minha companhia tenho que estar só... suspiro...

Um beijo doce.

Era uma vez um Girassol said...

Lindos poemas, Maria!
Apetece-me sempre ler-te...
Beijinhos

pitanga said...

Apaixonada Maria? Não há nada melhor! Mesmo que sofras se é por amor, o coração agradece...é melhor que tê-lo vazio, concordas?

Quanto a campanha ao lado também sou pelo SIM.

blugaridades said...

Um poema lindo, Maria!
Beijinhos

samaria said...

antes de ir trabalhar também sinto como que uma quase angústia de saudades das tontarias da minha filha.
escreves o amor apaixonado.
aquele que eu mais gosto, mas que às vezes também muito faz doer.
bjs, minha linda

ana prado said...

Ontem passei por cá e, de mansinho, dei a volta à casa. Hoje voltei, segura de aqui vir de novo.

Até muito em breve.

Desambientado said...

Que paixão! Que bonita paixão.
Tão bem descrita, como tempero a maresia dado pelas imagens.

Votos de um excelente 2007.

HatA/mãe said...

Estive a ver a teu blog... acho que já conhecia.

Mas não sei se a ti te acontece, mas a mim é por fases, às vezes passo 3 ou 4 dias seguidos na blogoesfera, depois passo semanas sem aparecer...sou muito instável, ou fiquei assim... não sei bem.

Mas o que eu queria dizer mesmo é que amo muito "o cheiro" da tua ilha!
Muito... muito...

Bjs

Maria said...

cadinho roco

Um dia destes mando um bocadinho do cheiro da ilha.
E da areia, e da água do mar, para veres se é tão salgada quanto essa…
Cuida do Dó, olha os ovinhos…
É que a Fá e amigas foram passear…

Maria said...

Leticia

Levantei âncora assim que me disseram….
Fica bem,
Um beijo

Maria said...

poetaeusou

Nem sei que te diga.
Olha, tem uma noite descansada, com poucas metamorfoses…

Maria said...

luis duverge

Ufff… será?
Muito obrigada pelas tuas palavras.

Maria said...

desassossego

Isso é triste. Mas a vida às vezes é assim…
Como eu te percebo!
Não aparecias há algum tempo… o que quer dizer que vou a correr ao teu blog…

Um beijo e um abraço apertadinho…

Maria said...

Oi girassol,

Há quanto tempo não viajavas por aqui…
Espero do fundo do coração que estejas a viver uns dos melhores dias da tua vida, com a tua netinha.
Volto logo, que temos saudades.

Um beijo

Maria said...

pitanga

Apaixonada, sempre, pelo menos pela Vida!
Muito obrigada pelo teu SIM.
Nos tempos que correm, é “obrigatório”…

Um beijo

Maria said...

blugaridades

Muito obrigada pelas tuas palavras
Um beijo

Maria said...

samaria

É, se o amor não fizesse doer não era amor…

Beijinhos, querida
(falta só um bocadinho assim…)

Maria said...

ana prado

Muito obrigada pela simpatia. Volta sempre que quiseres…
Também já andei pela tua casa, até através da maria da thornlessrose, mas estavas ausente…
Agora que voltaste vou até lá.
Um abraço

Maria said...

desambientado

Muito obrigada. Gosto do teu novo visual…

Um bom 2007

Maria said...

Não quero

Eu ainda não consigo estar 3 ou 4 dias sem aparecer por aqui….
Mas hei-de conseguir…
Não chamo a isso instabilidade, mas a procura de outras coisas, de outros interesses…

Ainda bem que gostas do cheiro da ilha, muito obrigada

Beijo

Maria P. said...

Linda esta melodia à saudade do amanhã!

Também o meu "mar" amanhã não murumura...bom dia.

Pelo SIM.


Bom fim de semana, beijinho Maria:)

Maria said...

maria p.

Pelo SIM

Bom fim de semana também pra ti

Beijoca

caminante said...

Que no te duela el mañana. Vive a tope el hoy, que es de lo que puedes disponer.
Un fortísimo abrazo.

chuvamiuda said...

...............

tem de ser um dia de cada vez

embora ás vezes não nos apeteça que seja assim

o importante é a chama que se mantém acesa


(não perdeste nada, eu é que ganhei ehehehehh)

................

Abraço noite serena e bom fim-de-semana

Maria said...

caminante

Por mi, vivo a tope un día de cada vez...
Aunque a veces sea dificil....

Saludos

Maria said...

chuvamiuda

Tens toda a razão1

Se és tu que dizes que eu não perdi nada.... ainda bem! Tchim tchim na mesma! À vida!

Fica bem,
um beijo

borrowing me said...

nada como sofrer por antecipação... eu faço o mesmo
gera-se com a ansiedade extrema
bjs

Maria said...

borrowing me

Tem dias, não é?
Mas a gente controla...
Beijo

Moura said...

Que sentimentos tão cinzentos. Estás a precisar de COR e para tal procurar uma nova LUZ, não exterior mas interior que te permita ver o colorido da vida.
Bjos

Ana Patudos said...

Deslizei pelos teus poemas sempre lindos e pelas fotos fantásticas dessa tua ilha que não conheço , mas que vejo ser linda, linda.
Agradeço também as tuas palavras de incentivo.
Eu estou a fazer a minha parte , não sei se será suficiente , mas é o que consigo fazer.
beijocas patudas
Ana Paula

Maria said...

moura

São dias de nevoeiro...
Agora o Sol já brilha...
Logo à noite logo se vê...

Bjs

Maria said...

ana patudos

Obrigada pelas tuas palavras
Vais ver que tudo se resolve pelo melhor
Boa sorte
Beijo

A COR DO MAR said...

Este poema esta lindo Maria, a falta dum "Bom Dia" habituado... doi.
Beijoca*

Maria said...

cor do mar

É verdade, dói sim.
Mas a gente se habitua, né?
Beijoca

Aesis said...

Notei a salinidade neste teu poema.
Notei o movimento marítimo das tuas palavras... muito bonito.

Maria said...

a gerência

Muito obrigada pelas tuas palavras