Monday, January 08, 2007

Mare cheia!


Esperei que chegasses
para me deitar, contigo
o nosso amor foi tão bom...
É tão forte e é quase
como se nos tivessemos
amado desde crianças
É um amor maduro
e calmo, tão bonito
que eu nem acredito
possa ter sido verdade
Mas as ondas do mar
mesmo aqui a bater
dizem-me que sim,
e que o amor
que hoje fizemos
voltará amanhã
noutra maré cheia!

34 comments:

chuvamiuda said...

..............

boas marés pois então

..............

Bom dia e boa semana

avelana said...

que o amor volte sempre - em cada maré, em cada lua, em cada seara que cresce , em cada flor q desabrocha e se torna fruto

Um beijo para ti

Delfim Peixoto said...

Certamente voltará...
jnhs ate breve!!

poetaeusou said...

METAMORFOSE (33)
Amor.
Fundamentado.
Na experiência.
E sabedoria.
Bem partilhado.
Retornará.
Em cada maré.
Nas calmas ondas.
Harmoniosas.
Ao som dos búzios.
E no perlilipar.
Das belas Gaivotas.
Ele, Neptuno.
Entre odores de maresia.
Sussurrando.
Ouvir-se-á.
Mariaaaa, Maariiiiaaaaa !!!
poetaeusou(adaptador)

Sininho said...

No ir e vir das marés, nunca se sabe o que dará à costa...

Pirate said...

Mas que forte atracção pelo mar!!
Uma adição de que tb eu padeço :-)
É irresestível não é ?

samaria said...

Esta manhã foi cheia,
uma maré de sol
que abençoou uma passeata ao parque
entre as poças da chuva da noite
e pedaços de árvores com o vento quebrados.
Correndo, saltando e rindo de infância
buscando patos, cães, gatos e piu-pius.
"mamã: não piu-pius! Gaivotas!!!"

(Agora o céu está de novo na sua forma habitual:
preto e carregado! (cinzento))

maria said...

Que bom, Maria!

Um amor vivido com essa intensidade no lugar mágico que é a (nossa) ilha. Fonte de inspiração MAIOR, sem dúvida.

Um beijo.

dulce said...

Se és da zona de LIsboa e estiveres interessada, está marcado um jantar de blogs para o dia 27 de Janeiro em Odivelas.
Para mais informações e inscrições, procura em http://os-convivas-do-costume.blogspot.com
Beijos

Aesis said...

Uma preia-mar que se pretende e deseja... epá, adoro as imagens!

Rosa dos Ventos said...

Diante deste mar e deste poema fico sem fôlego!...

Maria said...

chuvamiuda

Muito obrigada, igualmente para ti se for o caso…

Boa semana

Maria said...

avelana

O amor volta sempre, em todas e cada uma das formas.
O amor é o motor da Vida!

Um beijo

Maria said...

delfim peixoto

Volta sempre, com certeza.
Até breve e muito amor

Beijo

Maria said...

poetaeusou

É lindo, poeta
És lindo, poeta

Hoje deixo-te um beijo

Maria said...

sininho

… às vezes é só jorda, mesmo…

Maria said...

pirate

Tenho a certeza de que me percebes.
É completamente irracional esta atracção, mas quem pode resistir?

Maria said...

samaria

Que poema lindo e que belo passeio
Logo logo estarei aí a dar beijocas à nossa menina…
(a partir de quinta feira o tempo vai mudar…)

Beijos

Maria said...

maria

A ilha é um lugar mágico, sim.
O amor é vivido em qualquer lado…

Um beijo

Maria said...

dulce

Muito obrigada pela informação sobre o jantar de blogs, mas infelizmente não estarei cá nessa data…
Aguardo depois notícias nos blogs.

Beijos

Maria said...

a gerência

Muito obrigada pelas tuas palavras

Maria said...

rosa dos ventos

também eu fiquei como tu... :)
Beijo

soslayo said...

Maria:

Simplesmente uma Maré cheia de desejos concretizados neste ano que nasceu... 2007. Um beijo.

foreveryoung said...

Mais um lindo poema de amor!
Bjs

Maria P. said...

Mais palavras para quê?! Está lindo!

Maria claro que podes "levar" a foto do moinho, será um prazer pra mim.


Beijinhos:)

Maria said...

soslayo

Um bom ano de 2007 também pra ti.
Um beijo

Maria said...

foreveryoung

Obrigada e tem uma boa noite

Maria said...

maria p.

Muito obrigada pelas palavras e pelo moinho... vou levá-lo mesmo.

Um beijo

João Aguiar said...

Vi no Avante da passada quinta-feira que a Câmara de Peniche inaugurou uma exposição sobre a fuga de Peniche. Já foste ver? Se sim, o que achaste?

Abraço,
João

Ana said...

As ondas não mentem ! O amor voltará em cada maré cheia!
Um beijo, Maria.

(A praia de S.Julião fica a sul da Ericeira...)

Maria said...

joão aguiar

Tomei conhecimento dessa exposição através do zé manel do canhotices, e não fui lá ainda.
Como vou estar ausente uns dias, só irei a Peniche no dia 22 ou 23 de Janeiro.
Só depois poderei dar-te a minha opinião.
Devo no entanto dizer-te que para mim é muito difícil ir ao forte, tendo ido lá pela última vez no verão de 2006 numa iniciativa do Partido.

Um abraço
Maria

Maria said...

ana

Obrigada, tenho de ir a s. julião um dia destes.
E o amor volta sempre, sim.

Um beijo, Ana

nunocavaco said...

Numa ilha tudo pode acontecer. Aqui a liberdade está mais perto e o amor pode acontecer sem barreiras.

Um bom dia

Maria said...

O amor pode (deve) simplesmente, ACONTECER, seja onde for, não achas?

Fica bem