Friday, October 31, 2008

maparipiaspas & cia.


naquela tarde de todos os encontros
a ideia gerMinou tal qual poema 

voou nas folhas leves do outono 

que em bando de amizade se fez gente 

e no meio de todAs as palavras 

daquelas ditas e pensadas 

e das que poR medo se calaram

parImos um poema de ternura
que magia e amizAde conceberam; 

no final dessa chuvosa tarde 

refrescámos nossos coraçõeS
das palavras sangradas e caladas
Esquecidas perante as ilusões
e para além do nosso enorme abraço
sobra-nos este Calor amigo
desaguado como rio na foz,
neste porto feIto mar
e nesta vontade imensA de, de novo, te encontrar.

escrito a 4 mãos para 4 corações

52 comments:

pin gente said...

copomenpentápáripiopo feipeitopo depe véspéspeperepa (paparapa tenpentarpar serper maispais rápádipidapa quepe opo sapamupuelpel oupou opo salpalvopoconponduputopo)

"fapalarpar empem pês épé bespestipialpal
ninpinguémpem perpercepebepe napadapa maspas nãopão fazpaz malpal"
vaipai serper um pum janpantarpar cinpincopo espestreprelaspas
opo jarparbaspas espestaparápá napa porportapa dapa espestapaçãopão
napa hoporapa compombipinapadapa.
jápá enpenchipi ospos sapacospos depe gepelopo.
oporapa dizpiz lápá sepe eupeu soupou pipitosposgapa?
voupou fipicarpar compom opo depedopo nopo gapatipilhopo apatépé tepe copomenpentarpar.

beipeijospos epi apabrapraçospos
lupuipisapa maparipiapa

seepi youpo topomoporrowpou

pin gente said...

ipirrapa quepe despestapa conponsepeguipi.

salvoconduto said...

Eh eh a luisa (é não e?) teve muita pintarola só que não me convidou para o jantar...

Abreijo para as duas

pin gente said...

muipuitopo praprazerper, salpalvopoconponduputopo! sempemprepre priprimeipeiropo quepe eupeu, nãopão épé?
humpum!
simpim, épé lupuipisapa.
opo conponvipitepe épé sópó paparapa mupulheperespes, apalémpém dipissopo eupeu nãopão manpandopo napadapa.
paparapa apa própróxipimapa conponvipidopo-opo.
opobripigapadapa pepelopo apabreipreijopo.
(luísa)

Maria said...

De tanto me rir nem consigo escrever....
Quem vai sofrer eu sei - os blogues que não vou comentar....
ehpehehpehehpeh....

beipeijospos

MisteriosaLua said...

Maparipiapa, espestepe eupeu nãopão popodeperipiapa deipeixarpar depe copomenpentarpar!
Nempem quepe sepejapa paparapa dipizerper napadapa!
Bepesipitospos
Lupuapa

Oris said...

Fiquei sem saber se tinha entrado no sítio errado...é que estavam escritas umas coisa esquisitas...
Depois de algum esforço, acho que consegui traduzir...

:)

Gostei do humor da Luísa e da amizade que senti....

Beijitos

pin gente said...

"eupeu" nãopão dipissepe quepe fapalarpar empem pês épé bespestipialpal?

pin gente said...

hopojepe depevipiapa serper opobriprigapatópóripiopo copomenpentarpar sópó empem pês.

pin gente said...

apamanpanhãpã pospostaspas upumapa múpúsipicapa dopo neypey empem minpinhapa honponrapa. "eupeu soupou mespesmopo epexapageperapadapa...apadoporopo opo apamorpor inpinvenpentapadopo"
conponhepecespes?

Maria said...

Aipai Lupuipisapa
Quempem vaipai dorpormirpir apassimpim hopojepe?
Opo compomboipoiopo épé tãopão cepedipinhopo prapa mimpim.
Lopogopo sepe vêpê àpá hoporapa quepe chepegopo.

Beipeijospos apa topodospos apatépe apagoporapa.

Maria said...

hepehepehepehepe
jápá nempem tepe conponsipigopo lerper lupuipisapa...

Menina do Rio said...

Perdi-me nos comentários, mas adorei o poema.

beijinhos

margusta said...

Maria e ficou muito bonito!!!


Querida Maria,
..os videos não têm nada de chocantes...
O segundo comoveu-me pela mensagem, pela música de fundooo...e porque me sinto muitoooooo frágil no que toca a este assunto....

Beijinhos para ti Maria!

fj said...

isto é q vai por aqui uma açorda?
já me doi a vista de tanto (querer) ler...:))

um beijo, maria

FERNANDA & POEMAS said...

Olá querida Amiga Maria, vou só desejar-te boa noite, para não meter os pés pelas mãos... Isto está muito devertido... Parabéns!
Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Pitanga Doce said...

Olhaaa, e eu a reclamar porque escrevem em Ingles. hehehehehe

Carminda Pinho said...

Maria,

Benditos os amigos, que assim conseguem partilhar a amizade...e o bugio aqui tão perto...

Beijos

zmsantos said...

Está lindo, está...

Beijos.

Teresa Durães said...

um poema lindíssimo!

as velas ardem ate ao fim said...

Maria,

eu nunca publiquei um poema escrito por outras pessoas como meu.

Se assim pensou peço desculpa.

um abraço

batista said...

belíssimo poema... tendo por moldura um tanto de comentários que atestam o vigor da Amizade.

um abraço fraterno.

samuel said...

:-)))

Leticia Gabian said...

Maroca,
O poema está lindo, mas a língua do P me traz recordações terríveis da época de escola...

Bom Porto sentido, amiga


Beijo grande grande

Utopia das Palavras said...

Poema de amizade
de partilha
de solidariedade!

Também falava muito a linguagem dos pês quando era muida, com a minha mãe. Ela ria mais do que falava... obrigada pela recordação!

beijos
ausenda

AnaMar said...

Belo poema. Mas já me atrapalho com a linguagem dos pês...
Assim
Deixo um beijo
e
um
desejo
de
um
dia
vos
conhecer.

dona tela said...

Olhe, desta vez deu-nos para sonhar...

Muito opobripigapadapa por todas as atenções.

veritas said...

Sinto-me tão bem por aqui!

Bjs.

Apenas eu said...

ehpe papa!
espatapa linpingupuapa deipeixapa-mepe loupoucapa:))

Beijos e até logo!!! ou melhor até japa:))))

Justine said...

Estes comentários hoje por aqui emaluqueceram, não foi??? Parece que voltei de repente à minha adolescência:)) que maravilha!
E o parto que pariu o poema, em boa hora foi!
Beijo

as velas ardem ate ao fim said...

Maria,

Peço desculpa o mal entendido que parece estar a existir.

Nunca achei que estivesses a dizer que eu publiquei textos que nao eram meus.

Estes dias nao tem sido faceis, naõ me sinto bem nem fisica nem psicologicamente, e talvez por isso tb me tenha esquecido da nota de rodapé que depois de ler o teu comentario vi que faltava.

dsc se te ofendi.

um abraço

C Valente said...

Saudações amigas e bom fim de semana

Agulheta said...

Olha Maria. Eu pensei que estava estrábica! mas depois vi que foi a Pin Gente a brincar,mas é muio bom ter amigos.
Beijinho e bfs

Lúcia said...

Isso é que uma cantiga de amigo...e de amor. Bem bonito, esse poema!
Beijinhos, Maria

Lúcia said...

Ah! E já te disse no Rosmaninho:soube por ti que o meu livro do Pedro, embora ainda não esteja comigo, já está mais perto:)

elvira carvalho said...

Depois da cirurgia, estou regressando aos poucos.
Me lembrei duma brincadeira que meu marido costuma fazer assim com os pês.
joposépé jupulipiopo ripiopo carpavapalhopo.
Um abraço e bom fim de semana.

Uma Ilha said...

Obrigada Maria por este poema e esta dose de bom humor.Beijinho e um bom dia de todos os santos.UMA ILHA

Fátima said...

Olá Maria!!
Pois é estes teus comentarios,já deixaram o pessoal cá em casa a tentar falar a lingua dos P, acho que isto é contagiante....
O poema é sem duvida muito bonito,a amizade é uma das coisas mais importantes da nossa vida.
Adorei a tua foto....acho que tens razao, a praia é sempre bonita.

Happy Halloween!!!
Beijocas com amizade

Cris Caetano said...

Criiiisto, falar na língua do "p" ainda vai, eu falava muuuuito quando era pequena, mas escrever um comentário....hehehe Muito bacana!!!!

Ah e quero também dizer que o amor de um amigo é...TUDO DE BOM!!!

Beijinhos e bom fim de semana, minha linda!

mundo azul said...

Um belo poema!

Sempre é muito bonito o que você escreve!

Beijos de luz e o meu carinho...

O Sibarita said...

Valha-me Deus, agora, é a língua do "P" é? kkkk

Dona Maria cuidado com "P" que faz cada coisita que Deus duvida... kkkkkkk Diga se não é? kkkkkkkkk

Poema a quatro mãos? Humm onde estão as suas duas mãos? kkkkkkk Ah sei na primeira parte, aiaiaiaaia... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Tá porreta fia! Divina lusa-baiana! kkkk

bjs
O Sibarita

O Sibarita said...

Valha-me Deus, agora, é a língua do "P" é? kkkk

Dona Maria cuidado com "P" que faz cada coisita que Deus duvida... kkkkkkk Diga se não é? kkkkkkkkk

Poema a quatro mãos? Humm onde estão as suas duas mãos? kkkkkkk Ah sei na primeira parte, aiaiaiaaia... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Tá porreta fia! Divina lusa-baiana! kkkk

bjs
O Sibarita

Maria said...

Esta linguagem dos pês passou por muitos de nós há mujitos anos...
Esta brincadeira de post a quatro mãos vai com certeza voltar a repetir-se...

Obrigada por terem passado
Beijos

mariam said...

Maria,
belíssiomo encontro!esse.
mespesmopo apatraprasapadapa tepe dipogopo, gospostopo muipuitopo depe tipi. Maparipiapa

soporripisospos :)

em azul said...

Divertíssimos os comentários... fazem trocar os olhos!
Pura amizade com o coração na mão.
Um beijo
em azul

Vanda Paz said...

Essas mãos sabem sentir

Beijos

pin gente said...

venho aqui testemunhar um momento real:
tivemos momentos fenomenais, imperdíveis, a repetir para sempre... para sempre... para sempre!
adorei, maria
foi bom "demais"!
ah! o tintol soube-me a pouco...

luísa

Maria said...

pin gente

Toma lá, porque mo fizeste lembrar:

Com Um Brilhozinho Nos Olhos
Sérgio Godinho

Com um brilhozinho nos olhos
e a saia rodada
escancaraste a porta do bar
trazias o cabelo aos ombros
passeando de cá para lá
como as ondas do mar.
Conheço tão bem esses olhos
e nunca me enganam,
o que é que aconteceu, diz lá
é que hoje fiz um amigo
e coisa mais preciosa
no mundo não há.

Com um brilhozinho nos olhos
metemos o carro
muito à frente, muito à frente dos bois
ou seja, fizemos promessas
trocamos retratos
trocamos projectos os dois
trocamos de roupa, trocamos de corpo,
trocamos de beijos, tão bom, é tão bom
e com um brilhozinho nos olhos
tocamos guitarra
p'lo menos a julgar pelo som

E que é que foi que ele disse?
E que é que foi que ele disse?
Hoje soube-me a pouco
Hoje soube-me a pouco
Hoje soube-me a pouco
Hoje soube-me a pouco
passa aí mais um bocadinho
que estou quase a ficar louco
Hoje soube-me a tanto
Hoje soube-me a tanto
Hoje soube-me a tanto
Hoje soube-me a tanto
portanto,
Hoje soube-me a pouco

Com um brilhozinho nos olhos
corremos os estores
pusemos a rádio no "on"
acendemos a já costumeira
velinha de igreja
pusemos no "off" o telefone
e olha, não dá p'ra contar
mas sei que tu sabes
daquilo que sabes que eu sei
e com um brilhozinho nos olhos
ficamos parados
depois do que não te contei

Com um brilhozinho nos olhos
dissemos, sei lá
o que nos passou pela tola
do estilo és o "number one"
dou-te vinte valores
és um treze no totobola
e às duas por três
bebemos um copo
fizemos o quatro e pintámos o sete
e com um brilhozinho nos olhos
ficamos imóveis
a dar uma de "tête a tête"

E que é que foi que ele disse?
E que é que foi que ele disse?
Hoje soube-me a pouco
Hoje soube-me a pouco
Hoje soube-me a pouco
Hoje soube-me a pouco
passa aí mais um bocadinho
que estou quase a ficar louco
Hoje soube-me a tanto
Hoje soube-me a tanto
Hoje soube-me a tanto
Hoje soube-me a tanto
portanto,
Hoje soube-me a pouco

E com um brilhozinho nos olhos
tentamos saber
para lá do que muito se amou
quem éramos nós
quem queríamos ser
e quais as esperanças
que a vida roubou
e olhei-o de longe
e mirei-o de perto
que quem não vê caras
não vê corações
com um brilhozinho nos olhos
guardei um amigo
que é coisa que vale milhões.

E que é que foi que ele disse?
E que é que foi que ele disse?
Hoje soube-me a pouco
Hoje soube-me a pouco
Hoje soube-me a pouco
Hoje soube-me a pouco
passa aí mais um bocadinho
que estou quase a ficar louco
Hoje soube-me a tanto
Hoje soube-me a tanto
Hoje soube-me a tanto
Hoje soube-me a tanto
portanto,
Hoje soube-me a pouco


Soube-me a pouco.
Um dia vai saber-me a tanto...

Um beijo, Luísa

pin gente said...

ah, maria
sem palavras... adoro esta música...
soube-me a tanto... tu sabes!

e, como hoje já é amanhã, calo-me e oiço-te!

um beijo
luísa

Maria said...

:)))

beijos

joão marinheiro said...

Xi! as coisas que eu perco... nunca me tinha dado conta da linguagem dos p...deve ser do muito tempo no mar, demasiado sal nos olhos.
Abraços .

bettips said...

Há corações assim. De roda e que sabem sempre a pouco.
Bela amizade repartida!
Bj