Saturday, April 14, 2007

Canto dos nossos braços


Vivemos de vender
a força dos nossos braços
por um preço de miséria
eu chego a casa cansada
tu também chegas cansado
já sem força para sorrir
meu amigo, camarada
nossos braços explorados
encontram-se tão cansados
mas nossos braços se envolvem
e dão-se
afagam-se
e morrem,
na raiva de resistir!

55 comments:

Maria said...

Estas palavras foram escritas há muito tempo...
"nos chamadas, e nunca negados, tempos do PREC".
Descobri-as um dia destes.
Tinha de as partilhar convosco...

poetaeusou said...

///
e
continuam
maria
continuam
/
inté
///

dulce said...

SE quiseres ver mais fotos do mesmo local vai ao meu outro blog só de fotos: http://oqueosmeusolhosveem.blogspot.com
Ainda me falta publicar mais duas do mesmo sítio. Depois vês.
Conheces o local? Penacova.

Luis Eme said...

É um belo poema Revolucionário.

É do PREC mas também podia ser da fase dourada do Neo-Realismo no nosso país.

mari amar said...

Querida Amiga!

Venho deixar-te o primeiro beijinho de muitos no teu blog. Pela amizade que vai nascendo entre nós, pelo amigo que nos liga,espero continuar muito tempo na blogosfera.
Tem uma boa noite.

Maria said...

poetaeusou

*************
Infelizmente
continuam.
Até quando?
*************

Inté

Maria said...

dulce

Já lá fui. Não conheço Penacova, mas com estes moinhos.... um dia destes terá de ser...

Beijo

Maria said...

luis eme

Pois podia, Luís...
... mas é mesmo de 75...
ai como sou antiga...

Maria said...

mari amar

Gosto de te ver aqui. Quero-te na blogosfera, sim, mas porque não com um blog?
Pensa nisso...
O poeta, ao fim de uns meses, não resistiu...

Boa noite e
Um beijo

Cadinho RoCo said...

Braços de "ombros largos" surgidos de instante amigo porque pra gesto assim não há distância.
Cadinho RoCo

João said...

resistir com a certeza de um sorriso distante, um beijo

antónio paiva said...

..............

bonito!

...........

Beijinhos e boa semana

Moinante said...

Aqui cheira sempre a mar , poisei a bagagem e deixei-me levar pela corrente ... gostei .

Mário Margaride said...

Olá Maria!

Obrigada pela visita ao "Canto poético", e pelo comentário.

Como dizes: este poema embora datado, retrata realidades dos dias de hoje.

Encaixa-se perfeitamente!

Bom Domingo e um beijinho

Gi said...

Há "coisas" que são intemporais... e a luta pela liberdade tem que ser uma constante, até que haja um sopro de vida ... custa tanto ver que muitos não sabem dar valor aquilo por que tantos lutaram e sofreram!

beijos

Eufrázio Filipe said...

Agradeço a visita.Tambem eu prometo voltar.

Mar Aravel

A.S. said...

Deixo-te esta "trova" no vento que passa até chegar a ti...

"Mesmo na noite mais triste
em tempo de servidão
há sempre alguém que resiste
há sempre alguém que diz não"


Para ti... com um terno beijo!

Rosa dos Ventos said...

E fizeste bem!
É preciso não deixar esquecer esses tempos de esperança...em tempos melhores!

Anonymous said...

a resistir!!!!!!!!!!



sempre!





aqui.




beijo.



obrigada Maria.


(piano)

meg said...

É preciso continuar a lembrar, Maria.
Por isso é que estamos cá...
Um abraço

silêncio said...

Nao vivi o PREC, mas sinto essas mesmas saudades dessa resistência, hoje em dia a "escassear". Mas como diz na trova transcrita pelo A.S. "ha sempre alguem que diz NAO"

Bj

Maria said...

cadinho roco

Ombros largos continuam aqui...

Obrigada pelo teu sentimento.

Bom domingo...

Maria said...

joão

Mesmo distante, a resistir...

Beijo

Maria said...

antónio paiva

Bonito é o teu "juntando as letras"...

Boa semama.
Beijinhos

Placi said...

O teu espaço está vestido de novo... gosteí!

Bj
Placi

Sininho said...

Lindo esse céu!

Beijinho e bom Domingo

Maria said...

moinante

Aqui cheira sempre a mar...

Maria said...

mário margaride

É uma pena que maius de 30 anos passados ainda esteja tão actual...

Beijinhos

Maria said...

gi

Tens toda a razão.
Mas o sonho é uma constante da vida, e a luta pela liberdade e pela verdade é (será) uma opção de vida...

Beijinhos

Maria said...

eufrázio filipe

Muito obrigada...

Maria said...

a.s.

E chegou, com o teu beijo, e muita saudade do Adriano...

Beijo e boa semana

Maria said...

rosa dos ventos

Os tempos melhores hão-de vir, sim!

Maria said...

piano
IMF

A resistir aqui, e noutros lados, felizmente...
Sempre!

Maria said...

meg

É também por isso, sim!

Beijos

Maria said...

silêncio

Apesar de tudo, e por tudo, foi um tempo muito bonito.
Esses anos, o que eu vivi, ninguém me tira!!!
E continuamos a resistir, sempre...

Beijo

Maria said...

placi

Lamento dizer-te, mas este meu espaço está vestido assim desde o princípio...
Estarás a fazer confusão...

Beijo

Maria said...

sininho

Sabes que é o céu e o pôr do sol que eu vejo todos os dias?
O sol mesmo a entrar no mar... sou uma sortuda...

Beijinhos

cacharel said...

Olá Linda!
Ainda que na raiva... Resistir! Continuar! Sempre!!!...

Sempre bom entrar aqui neste teu mundo, onde levamos sempre um pouquinho mais...

Beijinho e boa semana*

borrowing me said...

muito, muito bom

faz-nos pensar na vontade de voltar para casa...

sonhadora said...

Uma semana cheia de sonhos lindos.
Beijinhos embrulhados em abraços

Maria said...

cacharel

Este mundo era meu antes de abrir o blog... agora é também teu...

Beijos, resistindo sempre

Maria said...

borrowing me

Faz?

:)

Maria said...

sonhadora

Uma semana com capacidade para resolveres todos os problemas que te apareçam pela frente, Sonhadora Irremediável!!!

Beijos

O Beco said...

...na raiva de resistir!
e nunca, mas nunca
pensar em desistir!

Beijo do sobrinho

Maria P. said...

Como resistem ao tempo!

Beijinho*

Maria said...

beco

Achas que eu sou de desistir?
Resistir, sempre...

Beijos

Maria said...

maria p.

é verdade...

Beijinhos

Luna said...

Como é dificil viver e ainda deixar um sorriso aflorar no cansaço da noite
jinhos

Maria said...

luna

... mas é tão reconfortante...

Bjinhos

gaivota said...

São palavras especiais, com esta foto de fundo, então, bem, sem comentários...
Há que resistir e amassar os exploradores, vigaristas, ladrões, e seguir em frente, sempre em frente

Besnico di Roma said...

A força das palavras sentidas, certas… que não me atrevo a comentar.
Quero apenas que saibas que estive aqui.

Maria said...

gaivota

Há que resistir e seguir em frente, sim

Maria said...

besnico di roma

São palavras que eu considero ainda tão actuais...

Obrigada por teres aparecido... já te vi nas fotografias do jantar de sábado...

Tiago said...

quando existe, força nos braços,
quanta força existe,
nos teus maria?
quanta?
Imagino-a, imensa, imagino-a...

um beijo maria

Antiga?? :)

Maria said...

tiago

Nos meus braços exisirá sempre, enquanto eu puder, toda a força para o que seja preciso, não importa onde, não importa como...

Um beijo, Tiago

Quase antiga!! :)