Thursday, April 26, 2007

Se eu pudesse


Se eu pudesse voava até
junto de ti e segredava-te
ao ouvido palavras de amor
Passeava as minhas mãos
pelo teu corpo e pousava
uns segundos nas curvas
bonitas que me enchem
de desejo de te amar
sempre, como se fosse
possível voltarmos atrás no
tempo e refazer o que
não está feito
Se eu pudesse estava
contigo a cada minuto
instante do dia e da
noite até ficarmos
exaustos e então
adormecíamos com um
manto de estrelas a
cobrir-nos e a lua a
sorrir-nos, cúmplice
deste nosso amor que,
de tão verdadeiro,
nunca foi proibido.

51 comments:

Teresa Durães said...

venho tarde (cedo?) nem sei porquê. a menina da ilha!!! do mar e da praia. do cheiro a maresia e sempre à procura do amor. eu que andei a semear sementinhas de liberdade por todo o lado falhei este cantinho. Desculpa.

Já li em baixo! Genial!!! (o comunicado)

em http://purl.pt encontras mais sobre o 25 de abril. É um link da biblioteca nacional.

bom dia para o dia seginte da liberdade

(que todo precisamos de respirar todos os dias)

Farinho said...

Se eu pudesse... voava até ti, para te dar um abraço, cheio de carinho e amizade.


Beijinho doce em teu coração.

Gosto muito de ti...

Luís Galego said...

Se eu pudesse voava até
junto de ti e segredava-te
ao ouvido palavras de amor


mas porque existe sempre o "pudesse" e não o posso????

KA said...

Mais um deliciosos poema Maria...

Escreves o que muitas vezes os outros sentem e não são capazes de expressar de forma tão clara.

Beijinho e bom dia

Leticia Gabian said...

Maria, Maria!
Voltar no tempo e refazer o que não está feito - quem dera, se fosse possível!

Grande beijo, querida

Rocha de Sousa said...

Cara Maria,
Vejo quanto os bloguistas mais próximos gostam das sua apresenta-
ções. Há dias escrevi aqui e posso
dizer que este espírito limpo me toca: o brabco, a bela foto, o belo poema.
O seu comentário as «desastres» de
que falo ultimamente foi magnífico em termos minimalistas, mesmo que isso possa significar ironia.
Depois???
Nada. Isto é: o próprio Universo é
nada.
Um abraço grato de
Rocha de Sousa

poetaeusou said...

e refazer o que
não está feito
/
inté
/

Helena Nunes said...

Se eu pudesse, estarias à beira desse mar, com alguém a sussurrar-te.
Se eu pudesse, viverias sempre ali, no país das palavras. Como não posso vou sempre ler-te
Bjos

Vanda Paz said...

Se eu pudesse trazia-te esse alguém e mandava parar o tempo, para ficarem só assim a contemplar o mar num sussurrar de palavras...

Beijo grande

pitanga said...

"Se eu pudesse voava"!

beijos do alto.

brisa de palavras said...

Ai se o tempo parasse e pudessemos fazer o que manda o coração....tanta coisa mudaria no mundo...
um abraço
brisa de palavras

Vera said...

Querida Maria, e se eu pudesse tornava todos os teus sonhos realidade!

Mil beijos

Gi said...

Se eu fosse uma asa oferecia-ta
Se o eu fosse o vento soprava-te
Se eu fosse o tempo parava
Se eu fosse o céu cobria-te
Se eu fosse o amor consolava-te

mas eu sou só desejo

Desejo
que o teu amor
venha pelos céus
montado na asas do vento
e te sopre todas as palavras de amor que queres ouvir :)

beijinhos Maria

NUVEM BRANCA TÃO FOFINHA said...

Beijo Maria
Se eu pudesse amava como tu consegues amar!
Não sei se consigo!
NUVEM

A.S. said...

Minha querida retira o "se" a este poema e verás como as palavras se abrirão em mais vastos horizontes!...


Um terno beijo!

Maria said...

teresa durães

Nãõ tens que pedir desculpa, por nada.
São sempre dias muito preenchidos.

Obrigada pelo link, já lá fui...

Boa tarde para ti, cheia de liberdade!
Que é nossa!

Maria said...

farinho

Recebi o teu abraço e o teu beijo, a sério.

Também te (vos) gosto...

Beijinhos

Maria said...

luís galego

Às vezes o "posso" acontece a seguir ao "se pudesse"... não é?

Se criarmos condiçoes para...

Maria said...

ka

Muito obrigada, ainda bem que gostas

Beijos

Maria said...

letícia

Às vezes é possível, sim...
... apenas pode levar algum tempo...

Beijinhos, querida

Maria said...

rocha de sousa

Passo por lá regularmente, nem sempre comento, como sabes...
Mas o que escreves dá que pensar...

Um abraço

Maria said...

poetaeusou

... voava...

Inté

Maria said...

helena nunes

Agradeço-te as tuas "vontades"...
Ai, se tu pudesses...
Continua a passar por aqui sempre que te apetecer.
Agora vou conhecer-te.

Beijo

Maria said...

vanda paz

Se eu pudesse ia ter contigo e dava-te um beijo, ao vivo...
Obrigada, Vand(inh)a

Beijinhos

Maria said...

pitanga

Se puderes, leva-me contigo...

Beijos

Maria said...

brisa de palavras

Mas para fazer o que diz o coração não é preciso o tempo parar...
... talvez ajudemos mesmo a mudar o mundo, com a voz do coração...

Beijos

Maria said...

vera

Se eu pudesse... neste exacto momento não sei bem o que fazia, mas apetecia-me que o dia tivesse 48 horas para poder ler tudo o que tenho "pendurado"...

Beijos grandes para todos aí

Maria said...

gi

Sabes o que é deixares uma pessoa sem palavras? Sabes?
Pois foi isso que aconteceu...

Beijos grandes e até logo, companheira

Maria said...

nuvem branca tão fofinha

Como não consegues?
Já te deixaste amar, assim?
Abre o coração, e vê o resultado...

Beijos

Maria said...

a.s.

É mesmo como dizes, é só tirar os dois "se"...
... e viver...

Beijo ternurento

madrugada said...

Brilhante

antónio paiva said...

................

Beijo

Noite serena

Sininho said...

Se eu pudesse tirar fotos como as tuas, acredita que gostava!
E agora algo completamente diferente:
Já te caiu em cima mais uma nomeação.... e desta vez fui eu que me vinguei.

Beijinhos.

sonhadora said...
This comment has been removed by the author.
Luna said...

O amor é lindo e´e para ser vivido.
linhos

Márcia said...

O AMOR não tem limites nem barreiras...

Beijinhos

Bia said...

se eu pudesse entrava por aqui dentro e dava-te um abraço do tamanho do Mundo.
é bom ter um amor assim como o teu... e acima de tudo apesar dos "ses" viveste-o.
beijo grande

Farinho said...

Passei para desejar uma noite serena, cheia de paz.

Beijoquinhas doces

cacharel said...

Maria,
Se eu pudesse voava para aí e dizia-te ao ouvido, em jeitinho de mimo, que os teus poemas e textos de amor deixam-me a sonhar... ;)

Beijo doce e perfumado e um excelente fim de semana*

Eufrázio Filipe said...

Apesar de todos os ses vai em frente rasga as marés - ousa.

António Melenas said...

E quem poderá proibir um amor verdadeiro?
beijo

Maria said...

madrugada

Porque te vais embora?

Peço-te que repenses...
Um beijo

Maria said...

antónio paiva

Beijo para ti

Boa oite

Maria said...

sininho

Não é justo. Da primeira vez exclui os blogs de homens, fiquei com 50% do problema resolvido.
Das segunda e terceira (que juntei, hehehe) exclui os blogs de mulheres, por ser justo.

Que faço agora?
Qual o critério?

Tou "tramada"... Vou pensar..

Beijinhos

Maria said...

luna

Numa frase de meia dúzia de palavras disseste da essência da vida!.

Bjinhos, querida Amiga

Maria said...

márcia

:)
Obrigada..

Maria said...

bia

É verdade que sim, que o vivi.
E se eu pudesse, todos os meus amigos viveriam um amor assim, como o meu...

Gosto-TE. (e gosto do adoro-tu....)

Beijinhos

Maria said...

farinho

A tranquilidade que mereces. Num beijo. Extensivo aos outros três aí em casa...

Maria said...

cacharel

Se eu pudesse dava-te colo, agora mesmo.
Tu sabes.
Como não posso (ai, sempre a distância), fico felliz por saber que o que escrevo te faz sonhar.

Beijinhos...

Maria said...

eufrázio filipe

É o que tenho feito toda a minha vida... rasgar marés, e tudo o que de obstáculo me aparece pela frente...

Maria said...

antónio melenas

Queres mesmo que te diga???
Em jeito de grito, digo-te: Ninguém!

Um beijo, ainda num cravo vermelho...