Sunday, April 01, 2007

Hoje apetece-me Brecht

O Analfabeto Político

O pior analfabeto é o analfabeto político.
Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos.
Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe,
da farinha, da renda de casa, dos sapatos, dos remédios,
dependem das decisões políticas.
O analfabeto político é tão burro que se orgulha e
enche o peito de ar dizendo que odeia a política.
Não sabe, o idiota,
que da sua ignorância política
nasce a prostituta, o menor abandonado,
e o pior de todos os bandidos
que é o político vigarista, aldrabão,
o corrupto e lacaio dos exploradores do povo.

(Bertold Brecht)

42 comments:

Bia said...

Olá Maria! Grande responsabilidade a minha ser a primeira...
A politica é de facto algo que me irrita, pois como é de conhecimento geral "eles falam, falam e não dizem nada..."
Mas este texto foca o outro lado da politica o lado responsável pelas coisas menos boas que acontece ao povo... e realmente a ignorância é triste e acarreta um peso na vida dos outros.
Um beijo e um bom Domingo.

Sininho said...
This comment has been removed by the author.
samaria said...

exacto.
mas o analfabeto do amor é ainda pior, aquele que não dá, não toca nem ensina, que não ajuda nem faz benfeituras a quem ainda não tem a liberdade para sozinho o fazer.

Sininho said...

Apaguei o comentário anterior, depois de reler o texto de Brecht.

Quem ainda se interessa por Política são as pessoas a partir duma certa idade.
Os jovens, salvo raríssimas excepções, querem saber é de concertos, futebois, morangos e noitadas.
No fim, vai sempre tudo dar no mesmo:
Falta de educação para a cidadania.

Falou a cota.
beijinhos

poetaeusou said...
This comment has been removed by the author.
poetaeusou said...

*****
maria, menina
*
está lá
o nosso Benfica
*
inté
*
*****

poetaeusou said...

*****
maria
*
acordai, acordai ...
*
boa escolha
**
corres o risco,
de pensarem no 1º de abril.*
*
povo...povo...
*
pela 1ª vez.
um beijo á cinema ...
*****

jose augusto soares said...

Bingo!

inspiração said...

concordo plenamente que a maior parte dos politicos a unica coisa que percebem é a do proprio bolso, hj em dia a nossa politica está corrupta, mas uma coisa é certa se n fizermos alguma coisa para mudar (muito importante) ...sermos unidos nada conseguiremos mudar.

um abraço

Placi said...

Em cada manhã,
A todos os que
Me tocam sem tocar
Me beijam sem beijar.
Desejo uma vida de harmonia!

Àqueles em cujas doces palavras
Tranquilizo o peito sofrido,
Um beijo carinhoso.

Gi said...

O meu genro é um homem de teatro, Bertolt Brecht já fez parte de alguns dos seus trabalhos, são de uma clareza incrível como tão bem demonstra o exemplo que aqui deixaste. Continuo contudo a acreditar que no meio de tantos ainda existem políticos sérios e só por isso vale a pena ter esperança.

beijos

ruy said...

Hoje apetece-me Brecht
Hoje e sempre, cada vez mais...

Maria P. said...

E apeteceu-te muito bem!

Beijinho.

cacharel said...

Maria,
Apetecia-me... continuar a te ler.

Boa escolha, não conhecia a adorei.

Beijinho e boa semana*

-pirata-vermelho- said...

O Brecht é português?

Maria said...

bia

Só entendo a política como a "do lado responsável", como tudizes...
... é essa que me encanta..

Beijos

Tiago said...

Hoje não deixo palavras minhas, não o poderia fazer, afinal adoro Brecht, por isso deixo algo dele...

"Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo.
E examinai, sobretudo, o que parece habitual.
Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural nada deve parecer impossível de mudar. "

Bertold Brecht


Um beijo na Maria, gostei de ler esse texto hoje, existem coincidências, que nos fazem sorrir...

Maria said...

samaria

Como te compreendo... o analfabeto do amor é o não-ser... o ignorante total, de sentimentos....

Beijos

Maria said...

sininho

E eu, cota, pergunto-me qual a nossa quota-parte de responsabilidade na falta de educação para a cidadania...

Conheço, felizmente, bastantes jovens que se interessam pela questão política. Os outros acordarão quando as dificuldades lhes baterem à porta... quando perceberem estas palavras de Brecht...

Beijos

Maria said...

poetaeusou

... e nós resistimos... apesar de tudo...

Beijo vermelho

Maria said...

poetaeusou

Até ao último dia da minha vida, até ao último sopro, eu tentarei ACORDAR quem estiver à minha volta...

Beijo resistente, VERMELHÃO, VERMELHUSCO
(em dia de empate do SLB)

Maria said...

josé augusto soares

Acho que foi, sim!

Maria said...

inspiração

Nem todos os políticos são iguais, na minha opinião...
... há uns mais iguais que outros...

Mas temos que fazer algumas coisa, sim, e é a tua geração, que a minha está a ficar .... cota...

Beijo

Maria said...

placi

Um beijo para ti...
Por tudo...

Maria said...

gi

Estou completamente de acordo contigo.

Beijo

Maria said...

ruy

Provavelmente, cada vez mais...

Maria said...

maria p.

E a escolha nem foi muito difícil...

Beijos

Maria said...

cacharel

Vai passando, talvez encontres mais Brecht...

Beijos

Maria said...

-pirata-vermelho-

Provavelmente andou por cá...
Gostei do teu sentido de humor...

isabel said...

Gostei muito!

Beijos, Maria.

Maria said...

tiago

Então eu digo que adoramos Brecht...
Afinal parece que não é coincidência, ou é?

Um beijo em Ti

Maria said...

isabel

Obrigada

Beijos pra ti

herético said...

gostei de ler Brecht. contigo. aqui!

beijo

(grato pela sensibilidade do teu comentário)

dulce said...

Brecht, claro!
Sempre actual.
Beijos

perola&granito said...

Uma boa semana (curtinha...)

Maria said...

herético

Muito obrigada

Beijo

Maria said...

dulce

Cada vez mais...

Beijos

Maria said...

perola&granito

Muito obrigada e bom trabalho

Tiago said...

Antes de responder, vou só dizer a minha interpretação do texto que colocaste. Para mim o que esse texto mostra é que a classe politica é a face visível do eleitorado, é a expressão deste. Ainda existe um desresponsabilização do direito de votar, a pessoas não assumem a responsabilidade deste acto, e não o querem admitir, é mais fácil acusar do que olharmos para a causa da classe politica ser como é....

penso que seja uma coincidência, podes não acreditar mas o teu blog foi um dos primeiros que abri no dia de ontem, e achei muito engraçado ser um texto com sentido politico, afinal de contas ontem passei a bem dizer o dia num local, onde esta temática, esteve "bem" presente...

Um beijo maria, gosto muito de vir aqui...

Maria said...

tiago

Muito obrigada pelas tuas palavras.

Espero que tenhas passado um domingo "agradável"...

Um beijo, tiago

isabel victor said...

Brecht,
A obra de arte
supera o tempo ...

sempre actual.

Um dia venho aqui desviar este " Analfabeto político " para o Caderno. O que é BOM merece dessiminação ...
deve passar de mão em mão.

Posso ?

B*

Maria said...

isabel victor

Podes sempre... já o vi por lá...

Adoro Brecht, como tu dizes, sempre actual...

Beijo