Monday, November 10, 2008

Manta


Não importa a cor da onda.
Deixa que ela te lamba os pés.
Deixa que suba um pouco mais,
para refrescar o teu corpo quente.
Faz-te rio, outra vez.
E mergulha dentro do meu olhar.
Para que o teu corpo mantenha sempre,
dentro de ti, o cheiro.
Desta manta de espuma…


26 comments:

em azul said...

Numa manta de espuma esfrego o corpo que me pede as tuas mãos.
A frescura da maré arrefece o calor que me corre no sangue.
À minha volta todo o mar me envolve e suas águas serpenteia.
Imergo em ti porque não há outro mergulho que queira para mim.

Um beijo, Maria da ilha
em azul

salvoconduto said...

Há outras mantas, as que nos cobrem as pernas quando estamos a ler um bom livro ou as outras... as que cobrem a hpocrisia.

Abreijo.

em azul said...

Que se passa com os camisola amarela? Estão de férias ou será que são do sporting?
Um beijinho para eles que me têm dado a primazia.
Obrigada!

margusta said...

LINDO QUERIDA MARIA!!!

Beijinhosss mil para ti!!!

mafalda said...

Querida Maria,

"Não importa a cor da onda".
Muito bonito, amiga. Sempre inspirada!
Um beijo.

Joao P. said...

OLá Maria:

Queria comentar o post anterior mas... Onde está essa possibilidade?

Queria publicar o teu vídeo no meu blog.Posso?

Bjs

João

mfc said...

As águas são sempre benfazejas.

zmsantos said...

...espuma levada pela onda num mar de poesia... Maria... no cheiro... da Ilha...


Beijinho.

De Amor e de Terra said...

Minha querida Maria, um bom dia para aí!
..é Amiga, realmente não importa"a cor da onda"...
importa somente a sensação ou melhor todas as sensações que nos provoca:- viagem (todas), desejos, transformações, saudades.
Parabéns Amiga! Belo como sempre.

Maria Mamede

Apenas eu said...

Não importa a cor da onda...

Gosto deste teu lado...

Beijos
dqtgm

Utopia das Palavras said...

Nessa espuma
de brancura
de sal
vou embarcar
e vou
tão longe...
vou encontrar
a minha paz...!

Beijo

Ausenda

Teresa Durães said...

e o sal purificador

FERNANDA & POEMAS said...

Olá querida Maria, não importa a cor da espuma, importa é como nós a sentimos..... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Lúcia said...

Ai que bonito Maria. Parece que até se ouvem as ondas a envolver esses corpos...essa paixão.

Beijinho salgado

Mié said...

Cada vez mais poeta

na espuma dos dias.



maria

ilha

um beijo

enorme.íssimo

Maria P. said...

Manta que enrola...

:)Beijinho

Filoxera said...

Sempre uma inspiração magnífica, com sabor a maresia...
Beijinhos.

Papoila said...

E que aconchego que esta "manta" de palavras dá :)

lindo Maria
Beijinho
BF

mariam said...

tão bonito, Maria!

fazer-se-á de novo rio.. sim! :)

um bj

Fernando Samuel said...

A manta ou o lençol de espuma...


Um beijo grande.

Eduardo Aleixo said...

Tão lindo, Maria.
Eduardo
Beijo

Maria said...

Muito obrigada por terem aqui passado.

Beijos para todos

Luis Neves said...

Maria ,
adorei este teu Poema,

Já tenho lido vários poemas teus aqui no Blog e gosto muito.

Embora não seja grande leitor de Poesia, agora ando a conhecer alguns poetas pelos Blogs.

Vou pôr um poema bonito no Blog (Obrigado pela tua visita) "Romance Ingénuo de duas linhas Paralelas" de José Fanha, se não conheces vai dar uma espreitadela.

Também estive na manifestação impressionante dos Professores.
Devemos ter-nos cruzado por lá.

com amizade, Luis

PS - Já te roubei uma imagem para um post , poema - canção de Sophia Mello Breiner, Tocata pela Paz

Vanda Paz said...

Soberbo!

Beijo

O Sibarita said...

Claro, claro! Deixo mesmo, nem precisa pedir... e ai? kkkkkkkkkkk


Vaslha-me Deus! Hum... kkkkkkkk


bjs
O Sibarita

LB said...

Belíssima esta manta de espuma!

Beijinho