Friday, November 14, 2008

Para bom entendedor...


"O Tubarão queria devorar peixe. Os peixes, por seu lado, sabendo das intenções do Tubarão, rapidamente se organizaram em cardume e assim se mantiveram em movimentos constantes. O Tubarão ficou baralhado pois só via uma enorme "massa" a movimentar-se, não lhe sendo possível distinguir nenhum peixe que pudesse caçar. Os peixes, inteligentemente, nunca se separaram, pois sabiam no que momento em que o fizessem todos passariam a ser alvos fáceis do Tubarão. Os peixes sabiam que, enquanto estivessem assim organizados e unidos, estariam em segurança e que o Tubarão acabaria por ir para outros mares."

(recebido por e-mail, e não resisti...)

(logo, logo eu volto)

38 comments:

samuel said...

:-)

salvoconduto said...

A fémea do tubarão será a tubaroa? O filho do tubarão será o tubarinho? E o pai? O tubaralho? E para onde é que devemos mandar a Lourdes, para o tubarinho, para a tubaroa ou para o tubaralho?

Desculpa Maria, mas perguntar não ofende...

Abreijos

Nilson Barcelli said...

Essa estratégia é verdadeira, é mesmo assim que acontece.
Pelo contrário, as baleias juntam os peixes, evitando que eles se dispersem, para ser mais fácil engolir grandes quantidades...
Se as baleias e os tubarões se juntassem, quase não haveria peixes...
Beijinhos.

Pedro Branco said...

Não resisto a contar o que aconteceu hoje lá na sala: estava um grupo de alunos a apresentar um trabalho sobre tubarões. Explicaram muitas coisas sobre o animal e entre elas, a maturidade sexual, que não é sempre igual em todas as espécies. É que parece que há uma espécie cuja maturidade sexual se dá quando o bicho atinge os 3 metros de comprimento. Uma aluna, muito intrigada, pede a palavra e questiona, espantada: "Mas como é que eles se medem?!!!!" Claro que foi risota total e aqui o je já estava a imaginar os tubarões todos em fila à espera de crescer... "Só me falta 1cm!", "Estou quase..."

Bem... nem a calhar. Foi hoje! Quem é que dizia que não havia coincidências?

Beijo muito grande para ti.

BlueVelvet said...

Pois eu estou com o Salvo.
Talvez para o tubaralho, não?
Beijinhos

Carminda Pinho said...

A unidade faz a força, dizia-se há uns anos...neste caso, contra o tubarão.:)

Beijos

PS:- Gostaria muito Maria, mas não sei se vai dar. Se der, eu apareço. Obrigada.

Olhos de mel said...

Oie linda! Assim que se faz, a união faz a força, porque vencer, é uma questão de união... ah, se a humanidade descobrisse isso, quanta coisa seria diferente!...
Bom fim de semana! Beijos

Apenas eu said...

Os Tubarões são animais que eu não gosto nada, mesmo nada...
E o que mais me faz confusão neles é o olhar, dizem por aí que são quase cegos... por isso confundem surfistas com focas... será?

Mas numa versão romântica, diria que pior que os seus dentes é o seu olhar...

Eu se visse um Tubarão perto de mim, morria antes dele me comer, de certeza, pelo menos esse prazer de me comer viva não lhe dava :))

Beijinhos Maria, vai e volta.

mariam said...

muito a propósito! xôôô tubarões ;)


bom fim-de-semana, Maria

um grande abraço :)
mariam

De Amor e de Terra said...

É Amiga, como diz o velho ditado:

"A união faz a força!"

Beijo


Maria Mamede

A CONCORRÊNCIA said...

Que pena que tenho de alguns peixes hoje em dia se esquecerem que é a união que faz a força ...

Beijo grande Maria

zmsantos said...

Eles andem aí, amiga, eles andem aí...

Beijinho.

Lúcia said...

E será que vai? Será que o tubarão vai para outros mares?
Beijinhos, Maria

PreDatado said...

Eu já gritei muitas vezes "O povo unido jamais será vencido". Mas o tubarão esperou. E se não se chama a isto vencido, não sei o que é vencido. Qual povo unido?

Leticia Gabian said...

É nessas horas que dá vontade de ter "cabeça de bagre".


E nem assim aprendemos?
Enquanto houver peixes desgarrados, sempre haverá tubarões.

Beijo enorme, amiga-irmã

Carla said...

que o tubarão procure rapidamente outros mares...mas acima de tudo que os peixes nunca esqueçam a força do "cardume"!
beijos e bom fim de semana

Fernando Samuel said...

Sábio peixes, estes - a mostrar caminhos...


Um beijo grande.

Teresa Durães said...

e o povo não sabe a força que tem...

Utopia das Palavras said...

Se até os animais percebem...porque levam os humanos menos poderosos,ou melhor os humanos escravizados, tanto tempo a perceber que a corda parte sempre pelo lado mais fraco?

Beijos

Ausenda

melgadoporto said...

Tenho medo dos “tubarões”, sem dúvida.
Mas dos “ajuntamentos grumais” também.
Ambos são, a muita das vezes, letais.
Andando e vendo, à cautela…
“Cautela e caldos de galinha nunca fizeram mal…”
;-)
Por curiosidade:
http://www.fernandodannemann.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=391969

LOURO said...

Olá Mariá,grato pela tua visita, gostei da tua postagem...
bom fim de semana.
Beijinhos de carinho e amizade
Lourenço

Eduardo Aleixo said...

Será que os peixes são os mesmos de antigamente? Será que os peixes ainda têm guelras? Será que os peixes terão espírito de classe? Tenho fé que sim.
Bom fim de semana.
Bj.
EA

Filoxera said...

Ao ler, lembrei-me do filme "O Gang dos Tubarões".
:-)
Beijos.

Maria P. said...

Só espero que outros peixes comecem a agir de igual modo...

Beijinho, bom fim-de-semana*

FERNANDA & POEMAS said...

Olá querida Amiga Maria, para bom entendedor meia palavra basta... Leio a tua Alma Amiga!!!
Muitos beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

A. Jorge said...

Tal como diz o próprio título, para bom entendedor...

Um beijo

Jorge

pin gente said...
This comment has been removed by the author.
pin gente said...

sabes o que diz um tubarão macho para uma tubarão fêmea?
tubaralhas-me

um beijo

pin gente said...

bem! estou pior que o tubarão macho, eheheh

Agulheta said...

Maria. Tenho pavor a tubarões!para alguns dava geito!não para todos claro.
Beijinho bfs

Luis Eme said...

só que os peixes têm andado distraidos, Maria...

beijinho

Maria said...

Muito obrigada a todos por terem passado aqui.

Beijos

pin gente said...

voltei porque me lembrei de outras:
sabes o que diz um peixe a uma peix(a)?
tômapeixonar por ti
e um tomate a uma tomat(a)
tumatas-me
e eu paro ti?
também numa corrida... vou para o futebol (fiz promessa) - se quiseres vai ao youtube e escreve "Hernani Gonçalves Manekas"

beijos
luísa

ps - as magnólias não floriram mas o vento sopra ameno, o sol brilha e o trio odemira anda a tocar desafinado.
dia 13 estás livre de tarde?

poesianopopular said...

Maria
Não custa nada, é só querer aprender!
Bjos

Parapeito said...

:) pois e unidos os peixes...fizeram a força...

heretico said...

excelente parábola. bem oportuna...

beijos

Vieira Calado said...

Muito apropriado!

Neste caso não é um tubarão só.
É um tubarão e uma tubarôa...

Beijoca

LB said...

Será que vai?

Beijinho