Sunday, November 16, 2008

Procuro-me


Ainda me procuro nas ruas da cidade que percorro.
Ainda me procuro. Na montanha, no deserto, no mar.
Enquanto te espero e me prolongo em ti sei que não morro.
Encontro-me apenas nas palavras e versos de te respirar.

29 comments:

poesianopopular said...

Maria
...Que nunca te canses de procurar!
Bjos

Maria P. said...

Eu encontro-me sempre perto do mar, só as lágrimas são mais salgadas que as do meu rosto...

Beijinho, Maria*

(adorei)

BlueVelvet said...

E com essa procura te vais mantendo viva.
Beijinhos e bom domingo

Joao P. said...

Que bonito Maria!

Procuras e encontros...

A vida é msmo a arte do encontro embora haja tanto desencontro por aí...

Ainda bem que regressaste ao blogue pois imagino que a saída tenha valido bem a pena

João

João JR said...

Minha querida...com estas tuas palavras nesta altura da minha vida só te digo; eu também...!

Beijo grande Maria.. e obrigada porque, mm sem ter tempo (há mt tempo..) p visitar os bons amigos q aqui fiz. sou sp surpreendida com ternas e fortes palavras no meu cantinho.:) o meu mt obrigada amiga!

Eduardo Aleixo said...

Palavras redondinhas de procura , sinceras, simples, saídas do coração, pérolas, assim as li e são.
Beijos. EA

TRÍPTICO(POEMAS)FERNANDA said...

Olá querida Maria, palavras sinceras saídas da tua Alma... Como te compreendo Amiga!
Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Carminda Pinho said...

Se te procuras, é porque te perdeste, nas ruas desta cidade. E isso é estar viva, Maria.
Bem hajas!

Beijinhos

elvira carvalho said...

E enquanto não se encontra, que pelo menos se divirta na procura.
Bom Domingo.
Um abraço

samuel said...

Nos sentidos... é onde vivemos...

zmsantos said...

Não serão as demandas, a razão mais autêntica de vivermos?

Beijos, Maria-cada-vêz-mais-presente.

pin gente said...

hoje encontrei-me entre o rio e o mar por ser domingo. hoje o vento soprava ameno sem que as magnólias tenham ainda florido. hoje o mar estava chão. calmo. transparente. hoje o mar não se fazia ouvir, perdido nas areias, a manoriscar algas, a acariciar agrestes rochas.
o hoje reflectia o céu e o sol. trazia o peixe, acolhia a dança das gaivotas. iluminava o olhar das gentes domingueiras. hoje o mar espelhava verão.
a seu lado, o tapete ocre de folhas caídas, não bulia. saudades dos ramos? talvez! mas também senti a vontade das resistente se deixarem cair sobre aquele atapetado homogéneo. também elas se encontram! no meio de muitas, no meio de tantas! será que reconhecem a morte? talvez queira dizer-nos que por vezes morreremos em ciclos... renascemos no ciclo seguinte. hoje o parque estava chão. hoje o parque não se fazia ouvir. perdido entre a folhagem nua, a namoriscar alegres passaritos, a acariciar o cair das águas nas fontes. hoje o parque reflectia a luz coada do cèu e do sol entre a copas dos plátanos. trazia o aroma da terra, oferecia amontoados de folhas secas. e assim deliciava as crianças. o hoje parque espelhava outono com sabor a verão.


um beijo, maria
(cansado de muito pedalado)

Menina do Rio said...

Hás de de encontrar na brisa que a tarde trouxer...

Um beijinho de boa semana

Leticia Gabian said...

O fim da procura é o encontro com o infinito, Maroca.

Espero pelas fotos. Tenham pena daquela que fica por fora das coisas por estar do lado de cá!

Fernando Rodrigues said...

E quem procura sempre alcança!

um bjito

fernando

Filoxera said...

O sentido destas palavras é profundo. Espero que essa procura te leve aonde pretendes...
Beijos.

João JR said...

Deixei te uma resposta agora, acabei de te ler no meu cantinho....!
beijocas"!!!!

mariam said...

Maria,
belas palavras,
~~~~sentires feitos procura dos outros e de ti~~~~

pronto, deixo-lhe um fado que muito gosto

http://br.youtube.com/watch?v=Djc3151ebcs

boa semana
um sorriso :)

mariam

Ludo Rex said...

E quem não se procura? Kisses

Agulheta said...

Maria. Junto do mar sempre se procura algo,como se pode perder!
Beijinho e boa semana

Luis Eme said...

todos nos procuramos, nas cidades, nos campos...

beijinho Maria

Maria said...

Obrigada por terem passado aqui.

Boa semana a todos.
Beijos

Anonymous said...

Gostei muito...

carla

http://www.arte-e-ponto.blogspot.com

SMA said...

E eu encontrei-te e trago-te de volta
.
.
.
ar somos
.
.
bjo doce

Lúcia said...

Vai andando, Maria...com esse coração chegas lá. E a espera será compensada.
Beijinhos

Lúcia said...

Vai andando, Maria...com esse coração chegas lá. E a espera será compensada.
Beijinhos

mfc said...

Podemos sempre encontrar o outro de várias formas.
A imaginação também é uma arma.

Só Eu said...

"Encontro-me apenas nas palavras e versos de te respirar."

Perante esta beleza, esta forma tão sublime de sentir, resta-me calar, vergar-me perante ti e admirar-te, se possivel, ainda mais.
Sdorei.
Beijinhos
Ricardo

Fernando Samuel said...

Assim vivemos...



Um beijo grande.