Saturday, September 12, 2009

Música para o fim de semana



Amor de índio

Tudo que move é sagrado
E remove as montanhas
Com todo cuidado, meu amor
Enquanto a chama arder
Todo dia te ver passar
Tudo viver a teu lado
Com o arco da promessa
Do azul pintado pra durar
Abelha fazendo mel
Vale o tempo que não voou
A estrela caiu do céu
O pedido que se pensou
O destino que se cumpriu
De sentir seu calor e ser todo
Todo dia é de viver
Para ser o que for e ser tudo
Sim, todo amor é sagrado
E o fruto do trabalho
É mais que sagrado, meu amor
A massa que faz o pão
Vale a luz do teu suor
Lembra que o sono é sagrado
E alimenta de horizontes
O tempo acordado de viver
No inverno te proteger
No verão sair pra pescar
No outono te conhecer
Primavera poder gostar
No estio me derreter
Pra na chuva dançar e andar junto
O destino que se cumpriu
De sentir seu calor e ser tudo

Milton Nascimento

16 comments:

Carlos Albuquerque said...

Óptima sugestão!
No meu proponho Vinícius com "Procura-se um amigo".
:)
Abraço

Lúcia said...

Excelente começo de FDS.
Beijinhos, Maria

salvoconduto said...

Olha que há para aí dois tipos de índios, estes cantados pelo milton e aqueles outros, os xico-esprestos que dominham não só as nossas empressas como a verdade absoluta.

Prefiro com sanidade mente, inclinar-me para os primeiros.

Abreijos.

Sérgio Ribeiro said...

Gosto do Milton. Julgo-o, às vezes, incompreendido musicalmente.
Mas agora não o posso ouvir, não tenho auscultadores... Fica para amanhã.

Abreijos

Cris Caetano said...

Amo essa música. A voz do Milton e a interpretação me causam arrepios.

"O destino que se cumpriu. De sentir seu calor e ser todo" :)

Beijinhos

Fernando Samuel said...

Lindo!
(fabulosa, aquela foto - com reminiscências bíblicas - em que o Sebastião Salgado nos mostra o sem-terra a segurar o cano da arma do soldado)

Um beijo grande.

Anonymous said...

Lindo!

(...)

rosa dourada/ondina azul said...

Aqui vim ouvir a música do fim-de-semana,


Beijos,

samuel said...

Muito bom! Grandes cantigas faz este tipo!

Abreijo.

Apenas eu said...

"Pra na chuva dançar e andar junto"...

é tempo de viver sempre...

boa escolha.

bom fim de semana
a_t

Sofá Amarelo said...

Amor de Índio, num dia em que estive no lançamento de um livro do Pedro Pinto, jornalista da TVI, onde ele romanceia a aventura do bandeirante Raposo Tavares por terras indias da Amazónia.

Muitos beijinhos. Bom Domingo!!!

Joao P. said...

Maria:

Adoro o Milton Nascimento!

Excelente escolha e sobretudo excelente música

Já estou como o outro. Maldito o dia em que houve barcos que ancoraram em alguns portos. É o que se chama estar no sítio errado, à hora errada e com ideias erradas!

Beijo

João

utopia das palavras said...

Subtil recordação este amor...!
Bom fim de semana
Beijos

OUTONO said...

Fazia tempo...que por aqui não passava...e que perder de tempo...Maria!

Ouvir, ler e ...tornar a ouvir...alimenta a alma, reduz o stress e presenteia o carinho!

Beijinho

as velas ardem ate ao fim said...

Boa musica!

bjo

Maria said...

Muito obrigada a todos que passaram por aqui.

É urgente não esquecer que 'todo o amor é sagrado'... sim! também gosto muito do Milton.

Beijos a todos e boa semana