Friday, November 17, 2006

Adeus

Faz tempo que te espero
Serão dias, semanas, meses?
Nem sei
Só sei que te espero
E de repente
Vem-me esta dor no peito
Este querer beijar-te
Esta angústia de não te saber
Porque tu não vens
E hoje…
Hoje já é outro dia

Hoje para a Amigona, que está triste...

8 comments:

Xica said...

Ela bem precisa.
Está lindo.
Beijitos.

poetaeusou said...

Que Feliz Amigona!!!.
Bendita, Maria!!!.
poetaeusou(intrometido)

Heloisa B.P said...

BOM! ESTA ILHA E' A DO *PARAISO*!!!!!!Ou, "sua parente muito proxima"!!!!!
Muito belo!
cheguei aqui via ENCOSTA DO MAR_*OUTRO PARAISO*_!!!!!
Hei-de voltar, pois, gostei bastante!
POEMA bonito e, que NINGUEM continue "Triste" NEM A "AMIGONA" nem A *AMIGA* DELA NEM DAS *OUTRAS*(OS)!!!

Cordiais saudacoes!
Heloisa B.P.
**************

Maria said...

obrigada a todos pelas visitas.
não nos conhecemos neste mundo virtual, mas temos afinidades e criamos cumplicidades e ... e... e...
um ombro sabe sempre bem...

Luís said...

triste, tocante e belo...

chuvamiuda said...

.................
a Alfazema já regressou
por aqui o chiro é bom e intenso
aparece sempre
.................


Noite serena

farinho said...

A saudade é sempre dificil de se suportar, então se for de quem amamos.

Beijocas.

amigona said...

Obrigada pelo poema, obrigada pela solidariedade...voltarei...beijo...