Monday, May 28, 2007

Amo-te


É uma forma diferente esta
que nós temos
de nos amarmos
É uma ternura tão grande
que nos envolve e
nos abraça
É um amor tão intenso
que nos atrai e nos consome
que só te posso dizer
que o meu primeiro
pensamento, hoje,
foi para ti
e as minhas primeiras
palavras ditas
foram para ti.
Amo-te muito!

48 comments:

Mar Arável said...

FORÇA AMIGA

girassol said...

´Não fosse o Amor a força maior que nos serve de motor para a vida...

Bj

Leticia Gabian said...

Maroca,
O meu primeiro pensamento é pra ele. Em várias momentos do dia me pego pensando nele. Não há um dia em que não lhe diga: eu te amo. Sempre, antes de adormecer, penso nele.
Será amor?
Hehehe!

Beijocas, querida

Farinho said...

Coisas que só um grande amor faz.


Beijinho doce em teu coração

joão marinheiro said...

Da palavra "Amo-te", acho que já se disse tudo, se escreveu tudo das mais diversas formas e sentires possíveis. O meu medo é que se perca o rumo, o verdadeiro sentido do segredo que encerra em si a palavra Mágica, esse o meu dilema sempre, esse o dilema dos poetas de agora e de antes e com toda a certeza dos vindouros, se amor existir entretanto.
Sobre a foto, só posso dizer-te obrigado por mais esta recordação, por me ajudares a fazer uma peregrinação aos lugares da infância. Não sabes mas durante um período da vida vivi na serra de S Mamede, em Portalegre, sem mar. Quando regressei foi para ai que vim morar, Cabo Carvoeiro, sem vedações sem redes, quase sem estrada de asfalto, só vento agreste no Inverno e o rugido do mar e a nossa ilha lá, vigilante, a piscar-nos um olho todas as noites...

Abraço do lado de cá do rio

pedro said...

carvoeiro, caldas...
temos caminhos tão próximos...
estudei nas caldas e em alturas em que precisei de me encontrar comigo (ou me perder)estive ai no cabo carvoeiro...
vim agradecer a tua visita ao meu blog e pedir desculpa pelo no da garganta...´
naquele texto estava a desatar os meus nós... em breve os dias irão voltar a sorrir...
espero poder contar com a tua visita nomeu blog em momentos alegres... como o que aqui expões no teu espacinho...
porque os blogs como a vida não podem ser apenas feitos de coisas tristes.

adorei o que escreves-te..
é bom ver que o sonho ainda acontece

pedro said...

carvoeiro, caldas...
temos caminhos tão próximos...
estudei nas caldas e em alturas em que precisei de me encontrar comigo (ou me perder)estive ai no cabo carvoeiro...
vim agradecer a tua visita ao meu blog e pedir desculpa pelo no da garganta...´
naquele texto estava a desatar os meus nós... em breve os dias irão voltar a sorrir...
espero poder contar com a tua visita nomeu blog em momentos alegres... como o que aqui expões no teu espacinho...
porque os blogs como a vida não podem ser apenas feitos de coisas tristes.

adorei o que escreves-te..
é bom ver que o sonho ainda acontece

Maria P. said...

"Amo-te", pode acontecer...

Beijinho e boa semana Mulher do Amor*

Victor Nogueira said...

Viva, Maria
Já cumpri a tua «ordem», falar da minha terra. Mas não te vi lá. E posso continuar, pois ainda tenho material para mais posts :.)
Um abraço
VN

Teresa Durães said...

(não te zangues comigo, vou só meter-me contigo)

"que só posso dizer
que o meu primeiro
pensamento, hoje,
foi para ti
e as minhas primeiras
palavras ditas
-Almofada,
já morro de saudades tuas
e ainda nem saí!"

:)

(o ano passado estive nas Caldas)

- Hoje muito pouco romântica

Bom dia!

Sininho said...

E o que mais nos ocupa o pensamento não é, infalìvelmente, a primeira coisa em que pensamos, mal abrimos os olhos pela manhã?
Seja bom ou seja mau...
No teu caso, bom.
E que assim continue, sempre.

Beijinho.

Sei que existes said...

Isso é mesmo amor!
Conheço lindamente essa zona de Peniche! De vez em quando vou até esses lados dar um passeio...
Beijos

Luís Galego said...

quem será o felizardo? quem será a alma que têm direito a estes mimos, em forma de poesia? quem será???

sonhadora said...

Caminharei pelos trilhos da noite, sempre sonhando. Não deixarei que me destruam os meus sonhos ainda que digam que os não tenho.Será que não é um direito de todos nós?
Beijinhos embrulhados em abraços

Cusco said...

Só posso dizer que gostei da força com que ouvi estas palavras!

Até breve!

SILÊNCIO said...

... estas palavras lidas quando tudo está "à flor da pele" ...

Vou voltar com mais tempo, pois até este me está a escapar-se dos dedos...

Grd beijinho*

SILÊNCIO said...

Foi neste sítio que passei o dia mais "esperançado" da minha vida.

Bjsss

antónio paiva said...

................

isso é amar muito

é muito amar

........................

Beijo, noite serena e boa semana

viagens na minha terra said...

é lindo iniciar assim o dia....

Bia said...

as formas de amar nem sempre são iguais, há algumas que são inexplicáveis... mas quando se acorda e o primeiro pensamento é o tal... é amor sim!
Lindo Maria!
Beijos
A.-TU

Maria said...

mar arável

OBRIGADA!!!

Maria said...

girassol

É, o amor é o motor da vida…

Beijo

Maria said...

letícia gabian

Querida Amiga

Achas que é amor? Então o que mais pode ser?
Hehehehehehe

Beijão grande

Maria said...

farinho

Exactamente…., como tu bem sabes…..

Beijinhos

Maria said...

joão marinheiro

É, a “banalização” da palavra….
O que eu acho é que as pessoas não dizem “amo-te” as vezes que lhes apetece, por lhes parecer ridículo dizê-lo.
Um dia vão-se arrepender de não o terem feito…
Que sorte a tua, viver em pleno Cabo Carvoeiro, frente ao mar…

Um abraço forte

Maria said...

pedro

Também já me encontrei, e me perdi, no cabo carvoeiro. É aí, lá mesmo em frente à ilha, onde não há mais nada a não ser o azul imenso do mar. É aí que me perco., ou que me encontro…
Não foi só aquele texto que me deixou um nó…. Foram outros, também.
Tens um blogue que eu vou ver com muito pormenor…

Um beijo

Maria said...

maria p.

Acontece. Senão a vida não fazia sentido…

Beijinhos, querida Maria

Maria said...

victor nogueira

Não foi “ordem”, foi só sugestão….
E não me viste lá porque eu não escrevi nada, tinhas um post sobre Serpa (bom queijo, como dizes)…. Podemos visitar blogues e ler sem deixar comentário, ou não?

Um abraço

Maria said...

teresa durães

Adorei o teu sentido de humor. A sério!!!
E percebo-te bem, é um pensamento normal à segunda feira…

Beijo

Maria said...

sininho

É verdade, e ao menos que seja… bom…
Obrigada

Beijinhos

Maria said...

sei que existes

É mesmo amor, sim, claro!
Beijo

Maria said...

luís galego

E quem será????

Maria said...

sonhadora

Claro que é. Não deixes nunca que te destruam os teus sonhos.
Um abraço desembrulhado

Maria said...

cusco

Olá…
Falei assim tão alto???
Volta sempre que quiseres…

Maria said...

silêncio

… não tenho palavras para ti, agora…
… apenas o ombro…

Beijinhos

Maria said...

silêncio

…o dia mais “esperançado”?
É o que eu estou a pensar?
Coincidêndia????

Beijinhos

Maria said...

antónio paiva

É amar muito, mas é a forma certa de se amar…
… amar pela metade não chega….

Beijinhos

Maria said...

viagens na minha terra

também acho…..

Maria said...

bia

Linda!!!
Até porque há várias formas de amor, não é?
É o amor, sim!!!

Beijinhos
G.-TE

poetaeusou said...

/
palavras ditas ...
/

Ilda Oliveira said...

Amar...
Sublime Essência da Vida...
Amar de Forma Natural Tudo e Todos...
Amar o Outro que nos Completa.
A Terra, a Família , os Amigos...
Ou Amar espontâneamente de forma tão Natural como o Acto de Respirar.
Quando o Ser Humano conseguir Amar assim...sem control sobre o outro...Então sim...Estaremos no Caminho Certo.
Um Abraço
Obrigado pelo Carinho e Cuidar do Seu Blog.
Foi bom estar nesta casa.
Ilda Oliveira

SILÊNCIO said...

sim, deve ser... felizmente que a esperança se prolongou até hoje, nao obstante com a ventania a dar-me no peito ...

Beijssssss

Claudia said...

Só espero que isso signifique que sejas feliz...

Beijo enorme

Maria said...

poetaeusou

foram para ti

Inté

Maria said...

ilda oliveira

Muito obrigada....
Logo que possível vou visitar-te

Maria said...

silêncio

É. Tenho como lema que "a minha vida há-de ser o que eu quiser".
É evidente que há situações que me transcendem, que eu não posso alterar, mas se não as posso alterar, altero o meu rumo e escolho "o que eu quero"... outra e outra vez.... as necessárias...

Beijinhos

Maria said...

claudia

Sou, dentro do possível, com todas as angústias que me vais percebendo por aqui...

Beijo sem angústia

Anonymous said...

Pois é assim...noite e dia...assim.