Monday, May 21, 2007

Há dias em que


Há dias em que
estamos juntos sem estarmos
sem sequer nos vermos
Há dias em que
tu me chamas e eu vou
nem sei para onde
Há dias em que
ao pé de ti
eu me sinto pequena, indefesa
com vontade de chorar
porque são os dias que
passam depressa
e tu retens-me
só com um gesto
e acaricias-me
só com os olhos
e a tua mão acorda
o amor que estava adormecido
e eu não sei o que fazer
porque tudo é condicional
são estes os dias
e as noites
do nosso descontentamento...

44 comments:

Teresa Durães said...

se o amor é apenas terreno passa a afémero. se consegue ultrapassar o material, não está tão condicionado. digo eu, que não sou perita nessas coisas :)

bom dia

Luís said...

E esses dias são tão repletos de magia não são?

poetaeusou said...

/
tudo é condicional
,
tudo maria, tudo
/
inté
/

Sininho said...

Só os momentos felizes passam demasiado depressa.

A foto, linda como é habitual, aposto que não fala português...

Beijinho.

A.S. said...

Aproveita os momentos felizes, vive-os com intensidade e tenta ser serena nos momentos de ausência...

Um terno Beijo!

joão marinheiro said...

Os dias assim.
Demasiado assim.
Esta forma demasiadamente ausente
de ver os dias para lá de nós...
Abraço depois da navegação.

António Melenas said...

Pois é, Maria, Tudo na vida é relativo. Muito depende do nosso estado de espirito. Por vezes está-se não estando e outras, sabe-se lá...
E tu dizes isso de uma forma poética muito bonita
bjs.

bom dia isabel said...

Passa pelo meu blog. Tens lá um desafio. Adere. Divulga o país que te viu nascer.
Beijinhos

Helena Nunes said...

Abre a tua janela sente o cheiro da ilha, reaprende a viver só o momento, parte do pressuposto de que tudo é condicional.

Abre a janela ouve o chamamento, vê o gesto, sente a carícia, guarda e usa quando tudo for condicional.

Bjos
P.S- passa pelo meu cato

Farinho said...

Então... eese amor é tão bonito, é maravilhoso ter alguém que nos ame, mesmo que nos sinta-mos indefesas, é só preciso arranjar forças nesse amoe e continuar...

beijoquinhas doces amiga...

Leticia Gabian said...

Maroca, Maroca!
Ai...como me sinto pequena, indefesa, impotente... tudo é condicional... mas o amor sempre nos consola, ampara e fortalece. E assim seguem os nossos dias e as nossas noites.

Beijo grande

pitanga said...

Mas há dias em que o coração canta e esses dias servem para nos acalentar quando vem o descontentamento.

beijos AZUIS!

bom dia isabel said...

Maria, amiga!

Creio que me tens dado muito mais do que tens recebido de mim.Parcas têm sido as visitas que te faço. Mereces mais. Muito mais! Desde a primeira hora que me sinto acolhida no teu blog com grande carinho e hospitalidade.
Serás bem vinda ao meu paraíso. E tentarei acolher-te tão bem como tenho sido recebida no teu blog. Ah, os teus poemas, lindíssimos, têm sido uma companhia imprescindível desde há algum tempo.
Beijinhos

Luís Galego said...

Há dias que estupidamente são sempre iguais....há poemas que se renovam, palvavras que traduzem o que nos vai na alma, como são as tuas....um abraço!!!

De Amor e de Terra said...

Olá Maria! AMEI esse Poema.
Fez-me lembrar um meu, antigo
que começa assim:-"Há dias, como hoje, em que a prosa é mais fácil..."

É boa a lembrança, apesar de às vezes doer cá dentro!!

Beijos

Maria Mamede

Maria said...

teresa durães

Só te posso dizer que "as coisas" do amor são muito complicadas...

Beijo

Maria said...

luís

São... como sabes...

Beijo

Maria said...

poetaeusou

É, tudo, mesmo...

Inté

Maria said...

sininho

Se calhar é por passarem depressa que são os chamados de "felizes"...

Além de alma de Capitão Gancho tens, de certeza, uma vassourita por aí... a foto fala holandês (língua esquisita...)

Beijinhos

Maria said...

a.s.

A experiência que tenho da vida já me ensinou a ficar serena...

Beijo ternurento

Maria said...

joão marinheiro

Tocas no mais profundo de mim...
Assim... demasiadamente assim...

Um abraço forte

Maria said...

antónio melenas

Obrigada pelas tuas palavras....

Beijinhos

Maria said...

bom dia isabel

Mais um desafio... hehehe
Lá terá que ser. Faço-o com muito gosto.
(Vai dar cá um trabalhão...)

Beijos

Maria said...

helena nunes

Pensando bem, eu acho que sempre vivi, e só, o momento, cada momento, e da forma mais intensa possível.
É isso que continuo a fazer...

Beijos
(Já vou ao teu canto...)

Maria said...

farinho

Tens razão, e tu sabes quanto é importante o apoio e o amor na vida de uma pessoa....

Beijinhos, Amiga

Maria said...

Ai, Letícia, é tudo verdade, é tudo isso que dizes, por isso é tão importante vivermos cada momento bom que a vida nos dá...
... e assim vão seguindo as noites, os dias, as noites....

Beijinhos, Amiga

Maria said...

pitanga

Oi, temos passarinho verde?
Gosto desse sorriso que te adivinho na cara, esse mesmo... AZUL!!!!

Beijos

Maria said...

bom dia isabel

O que tu me dás é o que eu TE leio. No teu blog.
É isso que para mim é um presente.
A passagem pelos comentários é uma forma de dizer olá, neste mundo virtual...

Beijinhos

Maria said...

luís galego

Há dias que passam tão lentamente e palavras que nos perseguem... que temos que as passar ao papel...
... só assim respiramos...

Um abraço

Maria said...

de amor e de terra

Muito obrigada pelas tuas palavras... embora não se agradeçam as palavras...
Mas é a forma que eu tenho de dizer que apreciei o teu comentário.

Dói cá dentro, como dizes, mas é tão bom lembrar...

Beijinhos...

Maria P. said...

São estes dias que nos fazem dizer: e se...

Beijinhos*

greentea said...

DEIXEI UM APELO URGENTE - SE PUDERES LÁ PASSAR ...

Bia said...

Há dias assim.
ao ler-te entendo cada palavra, sinto-as bem cá dentro, poderiam ser minhas... mas eu nunca teria a tua serenidade para conseguir fazer dos meus dias e noites de descontentamento num belo poema que nos acarinha o coração.
E tudo é condicional mesmo...
Beijo
A._TU

SILÊNCIO said...

Maria, poema muito lindo
parabens ;)
Bjss

Tiago said...

existem dias que nao o são,
e nesses, somos, seremos,
nossos, colhendo os sopros
que de teus olhos, brotam...

um beijo maria

nanda said...

Sempre que visito o teu blog, sinto uma paz e uma calma interior.

Bjs

=^.^= Tarina =^.^= said...

Há dias em que sonho.. e não se torna real...

Bonito poema o teu.. cheio de sentimento...

=^.^=

Maria said...

maria p.

São estes. Os dias......

Beijinhos

Maria said...

greentea

Passei... e não sei....

Maria said...

Querida bia

Eu sei que entendes, e sei que as sentes. Afinal, somos tão parecidas....
Apenas te digo que a serenidade vem com o passar do tempo... o tempo... sempre o tempo....

Beijinhos
G.-TE

Maria said...

silêncio

Obrigada..... (quase corei....)
Beijos

Maria said...

tiago

Existem dias que, embora sendo, não são,
é nesses dias que a tua presença
é TUDO!

Beijo em Ti, tiago

Maria said...

nanda

É bom ler as tuas palavras. São a razão de eu existir aqui, com este blog...

Beijos

Maria said...

Querida Tarina

Continuarás ainda, na tua vida, a sonhares muito, sem se tornar real.
Mas, por favor, não deixes, nunca, de sonhar. NUNCA!!!
Não te esqueças que o sonho comanda a vida...

Beijinhos