Wednesday, May 30, 2007

Eu faço...

15 comments:

porque te amo said...

eu tb faria...
mas nao posso!!! lol

1beijo... assim... entre pianos

boa 4ªfeira

Leticia Gabian said...

Maroca,
Também acontece GREVE desse lado de cá do oceano. Há inúmeros horrores escondidos sob a fantasia do carnaval.

Beijão pra ti

Victor Nogueira said...

Os dados estão lançados e hoje é apenas uma de inúmeraa batalhas que se travaram e travarão para cue o homem e a mulher sejam diferentes num Mundo Novo a construir, outras com sabor a pequena vitória. Um abraço a todos quntos acreditaram que há trinta anos a muralha de aço se não esboroaria, com a conivência de muitos e o cepticismo acomodatícios de outros tantos que, alternando os maestros do Baile Mandado, permitem que a pauta e a música sejam as mesmas, irmãos gémeos que pé ante pé abriram a porta aos dias cinzentos que serão negros se o permitirmos.
Mas pode ser que a Utopia e o Sonho se tornem realidade para aqueles que se mantêm lúcidos e não se rendem ao canto das sereias ou à flauta dos faunos.

Chegará o tempo em que, parafraseando Brecht, as pessoas percebam que a violência do rio é proporcional à extrema violência das margens que o têm comprimido.
Victor Nogueira

Victor Nogueira said...

Soneto do Trabalho

Das prensas dos martelos das bigornas
das foices dos arados das charruas
das alfaias dos cascos e das dornas
é que nasce a canção que anda nas ruas.

Um povo não é livre em águas mornas
não se abre a liberdade com gazuas
à força do teu braço é que transformas
as fábricas e as terras que são tuas.

Abre os olhos e vê. Sê vigilante
a reacção não passará diante
do teu punho fechado contra o medo.

Levanta-te meu Povo. Não é tarde.
Agora é que o mar canta é que o sol arde
pois quando o povo acorda é sempre cedo.
Ary dos Santos

Victor Nogueira said...

Os Vampiros

"No céu cinzento, sob o astro mudo
Batendo as asas pela noite calada
Vêm em bandos com pés de veludo
Chupar o sangue fresco da manada
Se alguém se engana com o seu ar sisudo
E lhes franqueia as portas à chegada
Eles comem tudo, eles comem tudo
Eles comem tudo e não deixam nada.

A toda a parte chegam os vampiros
Poisam nos prédios, poisam nas calçadas
Trazem no ventre despojos antigos
Mas nada os prende às vidas acabadas
São os mordomos do universo todo
Senhores à força, mandadores sem lei
Enchem as tulhas, bebem vinho novo
Dançam a ronda no pinhal do rei.
Eles comem tudo, eles comem tudo
Eles comem tudo e não deixam nada.

No chão do medo, tombam os vencidos
Ouvem-se os gritos, na noite abafada
Jazem nos fossos, vítimas de um credo
E não se esgota, o sangue da manada
Se alguém se engana com seu ar sisudo
E lhes franqueia as portas à chegada
Eles comem tudo, eles comem tudo,
Eles comem tudo e não deixam nada."

- Zeca Afonso

poetaeusou said...

/
maria
/
companheira, aqui estou ...
/
inté
/
vai ver o meu barco
não me digas me compreendes
e não sentes aquela raiva nos dentes.
/////

Teresa Durães said...

não faço, não entendi as causas e motivos para além da vontade de certo partido contra o governo. Para isso tem o parlamento.

Não concordo com muita coisa mas esta greve foi muito mal esclarecida ou definida para além da vontade de bater o pé e protestar de uma forma estranha. Opinião minha, claro.

Boa greve, Maria

Verde said...

Cada gota é uma nota
Que seduz o coração
De quem ouve o marulhar
Escorrer em sua mão

Estalam as folhas no alto
No afago de suave vento
Alguma se irá soltar
Dando tom ao sentimento


Profético beijo

o alquimista said...

OK, querida amiga aproveita e vem jantar aqui à ilha...


Doce beijo

Bia said...

Eu não fiz Maria :(
Na empresa onde trabalho ninguém fez... pudera...
Beijinhos
A. _ TU

Helena Nunes said...

Se pudesse também faria. É um direito que deve ser usufruído. Assim se melhora este país.
Bjos

Sei que existes said...

Eu também fiz!!
Beijocas

Maria said...

Muito obrigada a todos que por aqui passaram, Hoje!

Beijos / Abraços

olhos cor do lago said...

Eu tb fiz.
Mas estes camelos que governam o nosso país só querem é atirar-nos para o "deserto"...

Jinhos

Maria said...

olhos cor do lago

... Um beijo...