Tuesday, May 01, 2007

NAO PASSAM MAIS


Em nome dos nossos braços
em nome das nossas mãos
em nome de quantos passos
deram os nossos irmãos.
Em nome das ferramentas
que nos magoaram os dedos
das torturas das tormentas
das sevícias dos degredos.
Em nome daquele nome
que herdámos dos nossos pais
em nome da sua fome
dizemos: não passam mais!

E em nome dos milénios
de prisão adicionada
em nome de tantos génios
com a voz amordaçada
em nome dos camponeses
com a terra confiscada
em nome dos Portugueses
com a carne estilhaçada
em nome daqueles nomes
escarrados nos tribunais
dizemos que há outros nomes
que não passam nunca mais!

Em nome do que nós temos
em nome do que nós fomos
revolução que fizemos
democracia que somos
em nome da unidade
linda flor da classe operária
em nome da liberdade
flor imensa e proletária
em nome desta vontade
de sermos todos iguais
vamos dizer a verdade
dizendo: não passam mais!

Em nome de quantos corpos
nossos filhos foram feitos.
Em nome de quantos mortos
vivem nos nossos direitos.
Em nome de quantos vivos
dão mais vida à nossa voz
não mais seremos cativos:
o trabalho somos nós.
Por isso tornos enxadas
canetas frezas dedais
são as nossas barricadas
que dizem: não passam mais!

E em nome das conquistas
vindas dos ventos de Abril
reforma agrária controlo
operário no meio fabril
empresas que são do estado
porque o seu dono é o povo
em nome de lado a lado
termos feito um país novo.
Em nome da nossa frente
e dos nossos ideais
diante de toda a gente
dizemos: não passam mais!

Em nome do que passámos
não deixaremos passar
o patrão que ultrapassámos
e que nos quer trespassar.
E por onde a gente passa
nós passamos a palavra:
Cada rua cada praça
é o chão que o povo lavra.
Passaremos adiante
com passo firme e seguro.
O passado é já bastante
vamos passar ao futuro.

(Ary dos Santos)
(O sangue das palavras)

30 comments:

João JR said...

Sinto-me honrada por ser a primeira a comentar tão sublime post Maria!
Está...sem palavras, aliás para este tema Ary dos Santos diz tudo!
Um gd beijo p ti e parabéns:)

a.castro said...

Obrigado, Maria, pela tua visita e comentário. Viva o Dia do Trabalhador!
Também gostei do teu post sobre o mesmo tema e da poesia do
(Ary dos Santos)
Beijo!

Ludovicus Rex said...

Viva o Dia do Trabalhador! Que Abril e Maio sejam Sempre, Liberdade.

Feliz Dia do Trabalhador

Gi said...

Depois das palavras do Grande Ary, que resta acrescentar? Só posso dizer que foi uma óptima escolha.

Um beijo e noite feliz Maria, vou-me a pensar como é que é possível que tantas das conquistas até agora conseguidas por meio de lutas e negociações , por mór da escassez de empregos, estejam a ser postas de lado, pela necessidade imperiosa de manter postos de trabalho. Horários que tornam as pessoas verdadeiros escravos do séc. XXI, horas extraordinárias que não dão pagas... enfim. Haverá sempre quem as faça prejudicando-se a si e aos que venham a seguir. E nem percebem!

AnaG. said...

(...)
"Passaremos adiante
com passo firme e seguro.
O passado é já bastante
vamos passar ao futuro."

Depois das palavras de Ary dos Santos é difícil fazer qualquer comentário.

Vamos, "com passo firme e seguro", cada vez mais atentos, para que não percamos a LIBERDADE que conquistámos.

Um bom dia para ti, Maria.

Beijinhos

Cadinho RoCo said...

Onde anda você?
Cadinho RoCo

bom dia isabel said...

Minha Querida Amiga!

Arrepiante! Fantástico! Sublime!

Este poema ( Quanta saudade Ary!) é uma obra-prima , uma verdadeira homenagem do nosso grande Ary dos Santos aos trabalhadores e às suas incansáveis lutas pela obtenção da LIBERDADE!Ao Povo Português! Compete-nos a nós, à nossa geração, e a outras embora mais novas, não deixar cair no esquecimento a terrível noite do fascismo. E nós,mulheres,mães, filhas, devemos honrar o nome daquelas que, exiladas, presas e até com a própria vida, pagaram a preço muito elevado a obtenção da liberdade.
Catarina Eufémia ficou prostrada na terra que ceifava por ter a ousadia de falar mais alto, de exigir um pão que não fosse amassado pelo diabo.
Sei que não esqueces.Eu jamais esquecerei.
Pela Liberdade, deixo-te beijinhos.

al cardoso said...

"... O passado e ja bastante,
vamos passar o presente..."

Vamos pelo menos tentar!

Saudacoes d'Algodres.

Placi said...

Agradeço e retribuo a visita.
Bom feriado!

E que os cravos não sejam só um símbolo!
Que vermelhos são também os lábios de quem cala.

Um beijo

Placi

Ana Patudos said...

Que saudade de visitar a tua ilha.Os exames terminarame o trabalho desacelerou um pouco...
E não é que chego aqui e me dou com uma palavra maravilhosa: LIBERDADE, ela que se está em alguns casos a tornar dificil de viver...
A tua ilha está linda, Maria
bjos
ANA pAULA

Luis Eme said...

Que nunca esqueçamos "O Sangue das Palavras" de Ary dos Santos.

E que façamos muito mais por Abril e Maio, Maria.

Um abraço abrilento, forte e intenso.

Luís said...

Um lindo poema que nunca é demais recordar. Uma luta que ainda está por acabar... não Maria, eles não passam mais.

gaivota said...

o ze carlos ary dos santos era akela pessoal super especial.
mas agora, àparet de tudo o k possa ser importante para tds, hoje é feriado... e pk EU tenho uma neta linda c nome de flor k faz hoje 2 anos!!!!
Façam o favor de comemorar esta exiastênCia tão especial!!!
e tb viva o dia do trabalhador, de todos nõs. Vivamos, portanto...
um brinde um beijo e um queijo...

Doces Momentos said...

Passei para te ler e gostei muito
Deixo-te um beijo doce

Sininho said...

Um bom 1º de Maio para ti, Maria.

Beijinhos

luna e neptuno said...

*
Maria, amiga
*
OBRIGADO PELO NOSSO ZE CARLOS
*
Inté~
*

luna e neptuno said...

Sempre em luta pela liberdade conquistada, liberdade para sempre
beijinhos
Luna

A.S. said...

Resta-me juntar a minha voz à voz saudosa e inesquecivel de Ary dos Santos!...


Um terno beijo Maria!

antónio paiva said...

................

o grande Ary dos Santos

...............

Beijinhos e noite serena

Eufrázio Filipe said...

OBVIAMENTE ARY E MAIO - PORQUE O FUTURO É O INSTANTE QUE SE SEGUE

Entre linhas... said...

Grande poemade de Ary...consagrável.

Bjs Zita

Bia said...

Ary dos Santos, poema tão sentido que até arrepia....
Um bom feriado
beijo. e já sabes... A. TU

Kalinka said...

OLÁ
Por aqui, cai uma chuva miudinha que todo o dia prometeu cair, mas...só pelas 18h apareceu.

Parabéns pelo belo tema que nos trazes, o TEU BLOG FAZ-NOS «PENSAR»

O meu tema é: Trata-se do sistema endocanabinóide, situado em uma área do cérebro que regula as emoções e que está envolvido em atividades importantes como a regulação do gasto e formação de estoques de energia e nas sensações de recompensa e prazer.
É isso:
como regular as emoções??? alguém me ensina? me ajuda?

Boa semana.
Beijinhos.

borrowing me said...

feliz dia do trabalhador

bjs

Rodolfo N said...

Belas palavras do Ary.
feliz dia do trabalhador.
Beijos

Rodolfo N said...

Belas palavras do Ary.
feliz dia do trabalhador.
Beijos

Teresa Durães said...

não conhecia o poema. fiquei arrepiada. bom Maio Maio, dia onde a mãe natureza é festejada

SILENCIO said...

Mais um 1º de Maio se passou, e eu sem ver manifestacao nenhuma :((

Bjsss

herético said...

"Cada rua cada praça
é o chão que o povo lavra.
Passaremos adiante
com passo firme e seguro..."

abraço.-forte-solidário,

Maria said...

A todos quantos passaram por aqui, hoje, o meu Muito Obrigada...