Tuesday, May 08, 2007

Deviamos...


Sinto-te tanto aqui
ao pé de mim
que quase me tocas
quase me acaricias
e eu fecho os olhos e
sei que estou contigo
deitada a passar os dedos
húmidos pelos teus braços
pela tua cabeça
pelo teu corpo
e páro na carícia
mais bonita e mais
gostosa
e tu suspiras e eu
quase que tenho todos
os sentidos acordados
quando a esta hora
devíamos era
estar a dormir...

42 comments:

Leticia Gabian said...

Maria, Maria!
Não dá pra dormir quando sentimos a presença de quem amamos, bem aqui, ao pé de nós.
Como eu te percebo, amiga!

Beijo grande

antónio paiva said...

.................

pois, umas vezes deviamos estar a dormir, outras bem acordados

sonhar sonha-se em ambas as situações

(aquilo da canoa, era uma sugestão poética para as tuas viagens :)) )

Beijinhos e bom dia

Teresa Durães said...

gostei da combinação entre o poema e a fotografia

bom dia!

Mié said...

Bonita foto e belo poema.
Fica bem
beijo

catmel said...

Que bom que é quando não dormimos por esse motivo! É uma sensação indescritível que na ausência traz tanta saudade...

Beijinhos e parabéns pelo blog!

Rosa dos Ventos said...

E apagar a luz?!

Fernando Pinto said...

Gosto da composição. Ao anoitecer também deve ficar mágico!

P. S. Maria, estás a confundir os fortes. Ora vê aquele que publiquei no meu «Labirinto de Olhares». O outro também conheço!

http://www.nazare.oestedigital.pt/CustomPages/ShowPage.aspx?pageid=de5777ab-4be5-4ea4-a909-02eef1be498a

Obrigado pela atenção!
FM

Maria said...

Letícia Gabian

No final, no final, sempre acabamos por adormecer, nem que seja de exaustão.....
Ai, Amiga, a tua casa está tão bonita....

Beijos grandes

Maria said...

antónio paiva

Desculpa a minha falta de humor ontem, mas não me imaginava naquele mar e numa canoa... ;-)

Beijinhos e boa tarde

Maria said...

teresa durães

Obrigada, Teresa

Boa tarde!

Maria said...

mié

Obrigada....
Fica bem

Maria said...

catmel

Pois.... é.....
Já te vou conhecer

Beijo

Maria said...

rosa dos ventos

Quando vem o sono nem é preciso apagar a luz...
... até durmo em pé, se for preciso....
hehehehe

Maria said...

fernando pinto

Pois, troquei-me...
Ou da idade, ou do sono... mas há sempre mais um blog a visitar àquela hora...
S. Miguel é o nome do forte, se não me engano...

Beijinhos e obrigada

A.S. said...

Belo e sensual... cada palavra é uma suave caricia!


BeijO!

poetaeusou said...

/
gostosa
/
inté
/

maresia_mar said...

Olá Maria,
às vezes e embora devessemos estar a dormir, é bom estar acordado, é como sonhar de olhos abertos!
Bjhs e bom resto de semana

Gi said...

E sonhar acordado? Para se ter a certeza que não se esquece? Se um dia me perguntassem a cor do teu amor, diria azul. Definitivamente azul ... é meigo e doce como só o azul pode ser.

beijos

Bia said...

Sabes Maria, para mim a melhor parte acontece quando tenho exactamente a sensação que "a esta hora devíamos era estar a dormir..."
é um prazer inverter as horas e as voltas á vida...
beijos
A. TU

Maria said...

a.s.

Obrigada, querido Al.

Beijo ternurento

Maria said...

poetaeusou

... mais bonita.....

Inté

Maria said...

maresia_mar

E como é bom estarmos acordados...
(mas às vezes fechamos os olhos mesmo sem querermos...) hehehe

Beijinhos e boa semana pra ti

Maria said...

gi

Pois...
Pois também....
É azul, sim! E Vermelho também! O amor!

Beijos

Maria said...

bia

É exactamente isso que eu espero que continues a fazer: inverter as horas e as voltas à vida...
Tu, Bia, força da natureza.... vulcão, como tu dizes...

Beijinhos
G.-TE

Moinante said...

Aqui cheguei vindo não sei de onde , pousei a bagagem e sentei-me a admirar este novo mundo ...
Lindo poema .

catmel said...

Maria,

Passo novamente por aqui só para agradecer a visita ao meu cantinho.
Vou continuar a visitar esta ilha cheia de boa poesia.

Beijos

o alquimista said...

Extensa é a região da paixão, construí um diadema de pétalas com hortênsias de azul céu, celebrei-te na chegada com ramo das mais belas.


Doce beijo

brisa de palavras said...

Extensa é a vida e os desafios...e olha deixei-te no meu canto um desafio que também me foi deixado...e como gosto da tua escrita vai lá espreitar e continua a escrever dessa forma numa ilha de encantar...
um abraço
brisa de palavras

joão marinheiro said...

É o que dá ter os sentires afinados nas pontas dos dedos. Qual dormir se o que queremos é sentir.Sentir. Sentir.
O coração à boca da garganta.
E o leve arfar do peito encerra todos os sentidos...

Sempre deliciosas as tuas palavras/poemas/canções de amor/por amor.

Alexandre said...

«e tu suspiras e eu
quase que tenho todos
os sentidos acordados
quando a esta hora
devíamos era
estar a dormir...»

Bom, estes versos vieram na hora certa... emprestas-mos???

dulce said...

Ultrapassar o "quase" é preciso!
Beijos

Isabel said...

Belíssima combinação imagem/texto. Perfeito

Boa noite

Bjt

Maria said...

moinante

Poisaste bem...
Se gostaaste, estás convidado para voltar e entar...

Boa noite

Maria said...

o alquimista

Obrigada....
Boa noite

Gi said...

Olá Maria :) só para deixar o habitual beijinho de boa noite. Pensei já teres publicado alguma coisa e vinha ver se o amor era em tons de azul ou vermelho :)

Beijos.

Maria said...

brisa de palavras

Tu achas que é justo?
Uma trabaalheira com os blogs pensantes, agora os memes....
Já te respondi lá, amiga.
Dás-me um par de dias para eu me organizar e perceber como é o passatempo?

Beijinhos

Maria said...

joão marinheiro

Nasci assim, não sei ser de outra maneira....
Sim, o sentir, sentir, sentir....
... e tão cá dentro, e tão pronto a sair.... o sentir....

Um abraço forte

Maria said...

alexandre

São teus.....
... se ainda for a tempo na resposta.
Para a próxima não perguntes, leva logo...

Beijinhos

Maria said...

dulce

Sacaste-me um sorriso....

Beijos

Maria said...

isabel

Fui conhecer-te, e ao teu filho, com quem já me tinha cruzado por aqui...

Beijo de boa noite

Maria said...

Gi

O amor é azul por fora e vermelho por dentro...

Beijinhos e até já

bettips said...

Amor é o teu mar, imenso. Acho. Bjinho