Thursday, June 21, 2007

Flora e fauna da Ilha - III


Aqui, no alto da ilha, é o sítio preferido para as gaivotas nidificarem.
No entanto, agora nidificam por todo o lado, pois há muitas...


Um dos ninhos, feito em cima de uma "arménia berlenguensis"


Chego mais perto, com o cuidado necessário, pois a gaivota macho "protege" a fêmea e o ninho


Quando a gaivota saiu do ninho vi que já havia 2 gaivotos, e ainda um ovo a ser chocado...


O regresso da gaivota ao ninho, para acabar de cumprir a sua função...


Aqui, num outro ninho, podemos ver um gaivoto e um outro já a bicar o ovo para sair.
(amanhã há mais...)

58 comments:

zetrolha said...

Eu além de possuir um charme inesgotável, também possuo uma gaiola com 2 pombas!Queres uma?

Papoila said...

Ah...Ah.... Afinal sempre tinha alguma razão! nestas fotos, muito bonitas por sinal, a ilha sempre parece um calhau carregado de gaivotas!!!

Vou fazer um cruzeiro às Berlengas. Quero tirar as dúvidas.

Cruzeiro?! será que dá?! é mais um barquito segundo a minha Papoilinha que já aí aportou e que adorou.

Bjs

O Sibarita said...

Oi Maria, belas fotos hein? E o melhor de tudo a preservação ambiental, beleza pura!

bjs
O Sibarita

Maria said...

zetrolha

Não duvidando do teu charme inesgotável, consegues distinguir a diferença entre pombos e gaivotas?

Maria said...

papoila

Se a tua Papoilinha adorou, porque não hás-de tu gostar? Vai até lá, que a ilha está linda.

Beijo

Maria said...

o sibarita

Tens razão, é a natureza em estado bruto, ali na ilha...

Bjs

Leticia Gabian said...

Como consegues sair da tua ilha? Tanta paz, tanto milagre da natureza, tanto azul, tanta vida!

Por outro lado...Se não sais, não vais de férias!

Beijão, Maroca

Bartolomeu said...

Excelente... foi nesta ilha que Mário Viegas foi rei.
:)))
Agora reinam as gaivotas!!!

Ana Patudos said...

Que ternura, são lindas as fotos e as gaivotas. Como já te disse nunca poderei visitar a tua ilha, pois tenho pavor só de pensar em andar de barco.
bjos
Ana Paula

cm said...

luz e mar nesse pedaço de rocha replecto de vida...obrigado pela partilha

Besnico di Roma said...

Minha querida, é com estas é que tu me deitas abaixo “arménia berlenguensis” tu sabes cada coisa?!?!...
Mas gostei e desta vez não vais escapar, para a próxima semana vou visitar-te, se me deixares. (depois envio-te um “mail”)
Beijitos cá do “gaivoto besnicensis”
(que parvoíce “gaivoto besnicensis” sou mesmo parvo)

Um Momento... said...

Amei as fotos , o texto... lindo(",)
Um beijo!!
:)))

Sininho said...

Vejo que tens o futuro garantido no National Geographic!!!
Espero continuar a ver mais algumas fotos da tua ilha, das tuas flores e dos teus gaivotos.
Deves ter sentido a alma lavada, por lá. Eu sentiria.

Beijinho

Meg said...

Belas fotos, belo documento em imagens de muita sensibilidade.
Lindo!
Um abraço

jose augusto soares said...

Muito bonito.

Parabéns!

Isabel said...

Oh Maria que sorte que tu tiveste.
Estavas lá, no sitio certo, na altura certa!
Achas que posso encontrar um ninho de gaivota aqui na Av. António Augusto de Aguiar, duvido, mas se acontecesse eu ia adorar.

Encontei o blog, com a tua ajuda e lá fiz o post, mudei algumas coisas, como é tipico meu, e comecei logo com o nome da nomeação que não gostei.
A brit com vai-me matar, mas olha, paciencia... se não estrebucho morro na mesma.

Um abraço enorme para ti

Isabel

sonhadora said...

"Não te digo tanto quanto quero, nem te faço tanto quanto sonho"

Maria Teresa Horta


Beijinhos embrulhados em abraços

Gi said...

Sabes que eu fico maravilhada com este "pequenos nadas" que me enchem tanto.
Respondendo ao que disseste esta noite ... o meu tarde ... não dá para explicar aqui ... o dia também foi feito de ausências !

Um beijo grande , tenho que ir à tua ilha.

isabel mendes ferreira said...

e chegas sempre. tão perto. quase tocável de tão tocante.



beijo.

Nani said...

Olá Maria,

situação "bem apanhada"...

Há uns dias fotografei uma situação engraçada também. Salvei uma pequena andorinha... estava ainda longe do ninho, e tive de a colocar à vista do 'papás'...

Sorriso...

Beijinho grande

Nani

a.castro said...

Interessante a vida dos gaivotos e das gaivotas e dos filhotes gaivotos. Uma bela vida essa por isso eu gostava de ser gaivoto para viver e apreciar a beleza dessa ilhas e também para "cheirar" o teu cheiro!

Maria said...

leticia gabian

Às vezes custa vir embora, sim, e é por isso que quando tenho oportunidade vou lá durante o inverno… em que a ilha é muito mais bonita…

Pois, tou de férias marcadas e tudo…

Beijão grande, Amiga

Maria said...

bartolomeu

Pois foi… por pouco tempo, mas foi…
E digo-te que quando há lá filmagens é um “acontecimento”…

Maria said...

besnico di roma

É da prática, besnico, são muitos anos a ir à ilha, alguma coisa teria que aprender….
Gosto de te ver por aqui, senti a tua falta…

Beijitos, gaivoto besnicensis

Maria said...

um momento

Obrigada…
Bj

Maria said...

sininho
Qual quê! Na NG fia mais fino…
Tenho ainda mais 3 ou 4 posts sobre o tema…
E digo-te, Sininho, que quando estou mais tempo, as minhas 3 semanas de Setembro, não é só a alma que fica lavada, é toda a cabeça por dentro…

Beijinho

Maria said...

meg

Muito obrigada, a beleza está mesmo na ilha…
Um abraço

Maria said...

jose augusto soares

Obrigada…

Maria said...

isabel

Esta é a época da nidificação das gaivotas. Mas duvido que consigas encontrar algum ninho da Av. AAAguiar (tão perto de mim, hehehe). Há muita poluição por aí…
Melhor mesmo é ir à ilha vê-las…

Já vou ver como fizeste o post.

Beijinho, Isabel

Maria said...

sonhadora

Eternamente sonhadora serás….

Abraço desembrulhado

Maria said...

gi

Foi apenas um registo, não carece explicação….
Mas foi uma noite produtiva…

Beijo grande, a ilha espera-te

Maria said...

isabel mendes ferreira

Linda………………………
………………….obrigada.


Beijo

Maria said...

nani

E os papás agradeceram, decerto…
Já tinha saudades tuas…

Beijinho grande, Nani

Maria said...

a.castro

Os gaivotos só são gaivotos enquanto bebés.
Tu já serias uma gaivota macho, hehehehehehe
Mas nada te impede de ir à ilha e ver como é bonita.

AnaG. said...

Que sítio lindo...
As tuas fotografias fazem-nos sentir uma vontade, cada vez maior, de visitar a tua ilha. Deve-se sentir uma paz enorme...

Beijinho

pitanga said...

AH, se eu estivesse aí fazia o ninho no ponto mais alto. Já fui gaivota, sabias?

beijos razantes

Maria said...

anag.

Se tiveres oportunidade, vai mesmo...

Beijos

Maria said...

pitanga

Muito me contas. Não, não sabia, mas até que acredito....
Razantes, os voos delas, perigosos.....

Beijo sem ser razante

Moura said...

Este blog é um tratado sobre a Reserva Natural das Berlengas. Devia ser subsidiado pela promoção/divulgação científica deste espaço maravilhoso. Eu quando lá vou acabo por ficar "preso" à água...e pouco vejo do espaço terrestre!!
Não sei onde o meu filho vai nadar nas Caldas, apenas que às 8 da matina tem o aquecimento.
E para dia 28 de Junho temos Berlenga? Estás por lá?
Bjo

Entre linhas... said...

Que belas fotografias, e com gaivotas,desde que li Ferão Capelo Gaivota fiquei fascinada por gaivotas.

Obrigada por tão bons momentos.

Bom fim de semana
Bjs Zita

bettips said...

Ah, hoje...encontrei-te 3 vezes...e vim. Também tinha saudades do teu chão. A tua ilha é mesmo A Ilha, não é imaginária! Sabes que comecei a ver-te por ela e por "Assim foi Temperado o Aço". As tuas delícias são maravilhosas para quem "nunca" verá as Berlengas como tu. Obrigada, Maria, é uma dádiva conhecer-te.
Bj

Tiago said...

Por esse chão,
deixo o meu testamento,
o meu presente,
o futuro nestes jovens de antigamente.
Por este chão,
deixo ou poiso o que sou,
descendente,
ou ascendente,
Eu! escrito e rescrito, perdido e achado, nos que deixo entre vós, minha gente...

um beijo maria

poesiadaspiramides said...

E na simplicidade da natureza uma vida desponta, nada mais sublime
beijos

A.S. said...

O mistério da vida em toda a sua plenitude Maria...


Um Beijo!

joão marinheiro said...

Desde já te nomeio com a autoridade de ilheu berlenguense, que passes a ser embaixadora da ilha.
E nomeação não se discute!

Abraço agora que o verão se lembrou de chegar

Alexandre said...

Que excelente reportagem! E que fantásticas fotografias! Fiquei com uma vontade tremenda de demandar esses locais ainda pardisíacos. Este sim, era o filem que eu gostaria de realizar!

Beijinhos!!! Muitos!!!

Maria said...

moura

Fizeste-me rir… eu nem gosto dos chamados “guardas” da reserva, excepção para um – o mais antigo que está na ilha.
Pois é, preso na água, mas bem preso, porque mergulhar ali naquelas águas, e mergulhar nos sítios onde estão os barcos afundados (estou a lembrar-me do Primavera, logo ali à bóia do Cabo Avelar) é uma beleza, mesmo…
Não sei se posso estar na ilha a 28, se eu resolver tudo a 27, estarei lá caída…

Beijo

Maria said...

entre linhas

Coincidência? É que mais à frente noutro post vais ver um gaivoto pequenino, dentro de uma mão, a que chamámos….. fernão capelo berlenga….

Bom fim-de-semana, Zita
Beijo

Maria said...

bettips

É mesmo A Ilha, a do filme… (foi rodado lá..)
Gostei da forma como me viste. Devo confessar que tenho a minha maneira de “ver” e “sentir” a ilha…
… e eu é que bendigo a hora em que decidi fazer um blog…

Beijo, Bettips

Maria said...

tiago

Tive que fazer uma pausa, para te reler.
Porque o que escreves é… intenso…

Beijo, Tiago

Maria said...

poesiadaspiramides

E nada mais lindo, luna…
Beijos

Maria said...

a.s.

É isso, Al.

Um beijo

Maria said...

joão marinheiro

Se essa nomeação desse direito a casa, lá na ilha, até que aceitava…

Abraço-te

Maria said...

alexandre

Vai até lá, sim.
A ilha é linda...
Faz o filme e depois mostra-nos...

Beijinhos

Luis Eme said...

Excelente reportagem...

antónio paiva said...

.............

Maria,

( eu tinha deixado aqui um comentário, mas não está :(....)

repito-o:

lindo! lindo! lindo!

grato por partilhares tana beleza!

grato pela tua companhia, na blogosfera!

grato por te interessares pelos meus livros e pelas "minhas" causas!

...........................

Beijo, noite serena e bom fim-de-semana

grato

Maria said...

luis eme

Obrigada....

Maria said...

antónio paiva

Não apaguei comentário nenhum. Nunca apagaria um comentário de um Amigo...
Não sei o que aconteceu.
Obrigada pelas tuas palavras, mesmo.

Beijinhos