Tuesday, March 24, 2009

Contigo


Voltei. Para conhecer o outro lado da viagem.
Dançaremos mais perto das cores e dos cheiros, quando o meu sangue salgado me empurra para o mar.
Agarro-me à rocha que sou. Ou que gostaria de ser. O teu olhar desenha conchas e búzios na areia. Que uma onda lambe, e desfaz.
Percorro o outro lado da viagem que não conheço, nunca parando, nem sabendo se saberei ficar.
Sento-me à tua beira. Porque aqui sei onde estou.
E aqui quero ficar, contigo.

38 comments:

Delfim Peixoto said...

Lindo, Maria, do mais bonito que te li!

( Hoje a Produção vai ser constante... hora a hora, sei lá, talvez)

Bjnhs tipo boroa de mel

Ana said...

Alguém costumava chamar-te sereia...

E eu acho que nunca o nome te calhou tão bem...

É um encanto ler-te assim, Maria.

Beijinho

Eduardo Aleixo said...

Gostei. Que mais posso dizer? Bj
EA

BlueVelvet said...

O mar, sempre o mar e este com a espuma dos dias a beijar-te.
Uma rocha, és e serás sempre.
Beijinhos

Joao P. said...

Maria:

O mar, o amor

Como te inspiram e bem!

É das coisas mais bonitas que li de ti (a par de algumas outras)

Por isso é sempre um gosto este "cheiro da ilha"

Beijo

João

salvoconduto said...

Espero que o mar não bata demasiado na rocha. É que o quando mar bate na rocha quem se lixa normalmente é cá o je...

Abreijos.

Carminda Pinho said...

Só consigo dizer que gostei muito, que me arrepiei ao ler...
As tuas palavras, são lindas, Maria.

Beijos

Pitanga Doce said...

E é por isso que tens o cheiro da Ilha...

zmsantos said...

É bom, depois de acharmos o rumo, depois de encontrarmos a nossa praia, lançar a âncora e ficar embalado no vai e vem das marés dos teus braços, eternamente, contigo.

Beijos.

A CONCORRÊNCIA said...

Como uma rocha que és ou tentas ser, mas uma rocha revestida de algas que nos abraçam plenas de carinho ...

Beijos Maria

Lúcia said...

...senta-te à nossa beira - e canta-nos essas onda lindas, Maria.

Beijinhos

Cris Caetano said...

¨Agarro-me à rocha que sou. Ou que gostaria de ser.¨ ... essa frase mexeu comigo.
Aninha disse que é um encanto te ler, assino embaixo.

Montes de beijinhos

utopia das palavras said...

Dançar perto das cores e dos cheiros é...lindo!!!!!

Sempre com o amor por perto!!!!

Beijinho

Fátima said...

Olá Doce Maria!
Acho que alguma vez na vida todos temos de ser "rochas",para que possamos aguentar todas as adversidades com que nso vamos deparando no nosso precurso..

Beijocas e boas semana.

Rosa dos Ventos said...

No teu porto de abrigo...

Abraço

Carla said...

e esse estar de dedos entrelaçados onde só o "rulhar" das ondas quebra o silêncio do sentir é tão bom que apetece ler novamente as tuas palavras para o poder sentir novamente
beijos

Fernando Santos (Chana) said...

Olá Maria, belas palavras...espectacular....
Beijos

samuel said...

"Porque aqui sei onde estou."

É bom ter-se a sensação de saber onde estamos!

Abreijo.

Adriana said...

Muito lindo!

LOURO said...

Querida amiga Maria!

Lindo texto!!!
Sento-me a tua beira. Porque aqui sei onde estou.É aqui que quero ficar, contigo.
Parabéns!!!

Beijinhos de carinho e amizade,

Lourenço

Pedro Branco said...

Qualquer força perto do peito
Em tons de hino
Chagas de peregrino
Brincadeira de menino
Horizonte de luz e sombra refeito

Falésia embriagada na palma da mão
Em tons de aguarela
Passos de princesa seingela
Grito dado no encalço de uma janela
Planície que em nós bate fundo no coração

Viagens entre o rodopio da caminhada
Coisas da nossa saliva
Beijos em carne viva
Ternura penetrante e cativa
Com que voltamos sempre à porta da entrada

Teresa Durães said...

Nunca se conhecem todas as margens isso é bom porque a descoberta ensina-nos sempre qualquer coisa

butterfly said...

Porque quando se está com alguém que se ama os ojectos passam a poemas e os medos desaparecem por magia e a escrita, a tua escrita, é uma delícia.

Alexa said...

Maria
Sempre o mar ,o mar....
Como eu amo o mar ,de tantas cores de tantas ondas.
E como às vezes fico triste por não poder estar com ele .As tuas fotos regalam -me o coração.
Obrigada
Amiga
um
beijo salgado

mdsol said...

É seguramente um lugar que faz bem! Que bom é er um lugar assim!

:))

Apenas eu said...

O outro lado da viagem. A dança no jardim... o coração aberto puro o lugar seguro em ti.

beijos Maria
dqtgmetmsdp

Amaral said...

O outro lado costuma ter os seus segredos e a descoberta tem outras cores e outros cheiros...
O olhar toma formas que dançam as ondas de outros mares, mas a viagem resulta, felizmente, no reencontro...

Maria P. said...

Lindo.
É bom ficar, aqui, contigo.

Beijinho, minha Maria*

Frioleiras said...

lindo..............

mar... não leio muito sobre...

mas hoje li Sophia de Mello Bryner e tu tb falas dele,
desse mar..............

Filoxera said...

Belíssimo!
Beijos.

Nuno de Sousa said...

Mais um belo momento de escrita como tu sabes Maria e como sentes-te melhor, bem perto do mar, esse mar que adoro e me faz sentir bem qdo o vejo...
Gostei.
Bjs
Nuno

PreDatado said...

Fiquei a saber que gostas de jogar nas ondas :)

Beijo.

Maria said...

Obrigada a todos por terem aqui passado.

Beijos

Fernando Samuel said...

Afinal...sabendo que saberá ficar...


Um beijo grande.

Maria said...

Alexa

Não é possível comentar o teu blogue com a caixa de comentários que tens.
Não me é possível, mesmo. Não aceita...

antónio paiva said...

...

e é aqui que nos encontramos contigo.

beijo.

Baila sem peso said...

...no balancé da onda branquinha
onde já reparei que tu és rainha!

...e deixas-me pegar desse vai e vem
a mais bonita conchinha? :)

Beijinhos

O Sibarita said...

Quer ficar, é? Então fique, oi que bom! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

POEMA APAIXONANTE, FAÇA FÉ!

ESSE CORAÇÃO SEU.... HUMMMM KKKKKK

Bjs O Sibarita