Sunday, March 15, 2009

Um post diferente


Sei das águas de ti flores de todas as primaveras árvores do futuro. Das minhas desaguadas nos mares antes de tempo e em tempos outros. Sei do aconchego da manta urdida de afectos que nos cobre em noites frias. E da vermelha sangue vida que nos envolve em tardes quentes de luta. Mas não sei dos trilhos que vais percorrendo na vida. Às vezes queria perder-me nos meus, mas encontro-te sempre ao virar da esquina. E é bom encontrar-te. Não importa o tempo que demora, mas encontrar-te, sempre...
(foto oferecida por uma amiga)

24 comments:

Joao P. said...

Olá Maria:

Por acaso acabo de escrever um post sobre o tema:

Desencontros...

Lembrei-me da música do Sérgio Godinho: "lá em baixo"... como à espera do comboio na paragem do autocarro.

Beijo

João

Ana said...

Já hoje li noutro blog que "O DESEJO FAZ FLORESCER, A POSSE, MURCHAR".
Às vezes os desencontros, por frustrantes que possam ser, mantêm acesa a chama...

Beijinho

Cris Caetano said...

Esses desencontros... ¨Não importa o tempo que demora, mas encontrar-te, sempre...¨ perfeito!

Beijinhos

utopia das palavras said...

Sim, é sangue de vida, vermelha em tardes quentes e mesmo que não queiramos há sempre uma esquina onde nos encontramos...!

Post diferente?
Sempre as tuas palavras...convictas!

beijos

FERNANDA & POEMAS said...

QUERIDA MARIA... SUBLIMES PALAVRAS AMIGA... ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

alex said...

Amiga
como é bom visitar o teu blogger
e encontrar estas
palavras cheias de fé e esperança
beijo

Justine said...

Diferente? É poesia e beleza e grito, como sempre...
Abracinho:))

Maria said...

Alex

E eu não tenho como te comentar, o tipo da tua caixa não deixa.
Espero que consigas ler esta mensagem que, mais uma vez, aqui te deixo.

Um abraço

Fernando Samuel said...

Vendo bem, não tão diferente assim...


Um beijo grande.

fj said...

desencontros ....

Tantos são os desencontros encontrados ao longo das nossas vidas!
(isto é q está aqui um Português...neste comments...)

Nem sempre se encontra por quem nos desencontramos por esta ou aquela razão.
Tenho tantos, tantos!!!
:(


beijos para ti, Maria!
Bom Domingo!

ps: é importante que tomes conhecimento (caso não o tenhas lido) de um “esclarecimento” dado num dos meus comments, pode ser relevante para dares ou corrigir a tua resposta, lá nas "BlogOlimpíadas" da “Língua Portuguesa”.

A.S. said...

Querida Maria

Às vezes sais
por uma porta que desconheço,
mas a casa que habito
ainda é a tua casa...
Encontramo-nos sempre!


Um terno beijo...

Meg said...

Maria,

Se este é um post diferente, então viva a diferença!
E viva a Poesia.

Um beijo

poesianopopular said...

Maria
Quem se quer bem, sempre se encontra!
Palavras maiores que o pensamento...As tuas.
bjos amiga

OUTONO said...

Coisas da informática...fiquei sem net... por instantes

Não sei se o comentário ficou ou não???

Mas dizia... gosto deste estilo sincopado, onde a lógica, só obedece a nossa criatividade. Chamo a este estilo...o meu pensar!

No remate...gostaria de o ter escrito. Boa edição.

Beijinho

O Puma said...

Nunca te desencontras

bjs

Maria P. said...

Não importa o tempo que demora...
Por aqui encontro sempre as palavras que preciso. Obrigada.

Beijinho, Minha Maria.

(o lugar dessa foto é lindo, conheço:)!)

Vanda Paz said...

Beijo....diferente....

Menina do Rio said...

Oh, Maria! é tão bom quando nos perdemos pra nos encontrar em abraços.

Um beijo pra ti querida

Arabica said...

Lá, onde as águas e o sangue e a memória se encontram.


Um beijo, boa noite de domingo

heretico said...

texto muito bonito.

belos os encontros fugazes. ao virar da esquina.

apreciei o novo registo

beijo

catarina said...

Mando beijos, beijos, beijos de saudade...
É sempre bom ler-te tu sabes.
A foto é linda!

Beijos maria!

Maria said...

Muito obrigada por terem passado aqui.
Boa semana a todos.
Beijos

Pico minha ilha said...

Sempre os desencontros se fazem encontrar num abraço de efectos.Beijo Maria

O Sibarita said...

Vixe Deus! Que Maria é essa? kkkkk

Moça, nem em esquina eu ando, tenho um medo retado de encruzilhada! kkkkk

Ai meu Deus Maria apaixonada, oi que bom! kkkk

Mais sei que uma lua desbundante em rondas pela minha janela faz trilhas no horizonte do além mar... kkkk

PORRETA, DEMAIS SEU TEXTO!
bjs
O Sibarita